Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Espaço do leitor


postado em 22/06/2019 04:07

NEYMAR JR.
Assinante comenta 
denúncia de estupro

Múcio Batista de Souza
Belo Horizonte

"Estamos percebendo como são diferentes as opiniões sobre a acusação que a 'modelo' Najila Trindade fez e continua mantendo sobre o comportamento do 
jogador Neymar Jr., quando do encontro combinado entre eles para prática de sexo. Obviamente, o caso tomou proporções inimagináveis, por se tratar de Neymar, pois tal procedimento é bastante comum, sendo que garotas de programa até utilizam a mídia escrita para divulgar seus atributos e, também, 
a grande experiência em satisfazer as mais diversas fantasias eróticas, tanto de homens como de mulheres, eis que os costumes de hoje diferem dos costumes de ontem. É sabido que muitas mulheres se vêem forçadas à prática da prostituição por razões as mais variadas e inimagináveis. A grande maioria se vê forçada mais 
por razões financeiras, pois necessitam, até mesmo, para manterem as mínimas condições de vida. Quantas, totalmente desamparadas, e até para sustentar um filho ou até mesmo a família, embora enojadas, continuam na prática que tanto detestam, pois não têm qualquer outra oportunidade de se sustentarem? Em alguns países europeus, a prostituição já é 
considerada uma profissão, contando os profissionais com a proteção do governo. Difícil acreditar que a garota que acusa o jogador do PSG tenha feito algum trabalho como modelo, que, diga-se de passagem, é das mais difíceis e que tanto exige e sacrifica o profissional, já que as agências e empresas patrocinadoras buscam preservar seus produtos, seus nomes, suas tradições e seus conceitos de 
empresas comprometidas com suas atividades. Entendemos que é obrigação da sociedade entender, respeitar e proteger os garotos e garotas que estão ingressando na carreira de verdadeiros 'modelos', que tanto exige dos alunos e das respectivas famílias e, para sempre, dos futuros profissionais."


PSOL
Cidadão cobra de partido
comentários sobre crime

Maria Simões
São Paulo

"Adoraria ver a deputada Flordelis Souza, do Psol do Rio de janeiro, que 
adora falar dos direitos humanos e proteger bandidos, sobre o que iria fazer, ou já fez, junto com com a Anistia Internacional, que adora o Psol, em relação a morte do pastor Anderson Carmo de Souza, marido da deputada federal, assassinado em Niterói. Nada fizerem. Só se interessam pela morte da Mariele e, 
também, de bandidos que detonam famílias honestas que pagam pesados impostos na imunda Cidade Maravilhosa completamente sem rumo."

ODEBRECHT
Duro golpe contra
a grande empresa 

Silvio Natal  
São Paulo

"Pivô da Lava-Jato e com dívidas de R$ 98,5 bilhões, o grupo Odebrecht, 
um dos principais impérios empresariais do país, acaba de entrar em recuperação judicial. Mais um que rola ladeira abaixo como consequência das práticas 
corruptas e promíscuas entre o Estado e empresários gananciosos que o ordenhavam como vacas leiteiras, supondo-se impunes. Duro revés a um grupo que chegou a 
faturar mais de R$ 130 bilhões, com quase 200 mil funcionários. Prejuízo à nação a ser debitado na conta do PT e de seus consorciados, protagonistas do maior escândalo de corrupção de que se tem notícia no país."


Publicidade