Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Espaço do leitor


postado em 17/05/2019 05:04



Indulto
Decisões do Supremo são contestadas
Aloísio Caixeta – Belo Horizonte
“Gostaria de demonstrar o meu total repúdio contra a decisão da maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) por validarem, em 8 de maio, deste ano, o indulto de Natal, editado pelo ex-presidente Temer, talvez, já pensando em causa própria. Parabéns aos ministros Barroso, Cármen Lúcia, Fachin e Fux, que votaram contra. Tenho certeza de que a maioria absoluta do povo brasileiro repudia essa decisão. Como o direito não é uma ciência exata, eles interpretam da maneira que querem, para defender bandidos de colarinho branco. E o argumento de que crime de colarinho branco não gera violência é totalmente falso. Os bilhões de reais roubados poderiam salvar milhares de vidas nos hospitais brasileiros. Eles matam muito mais do que balas. Não dá para escrever tudo que pensamos dessas ‘Vossas Excelências’; na verdade, ‘vossas excelências’ não sei para quem. É revoltante. E, para terminar com chave de ouro, ainda concederam imunidade aos deputados estaduais. Mas não pensem que vamos desistir ou baixar a guarda. O Brasil jamais será uma Cuba, Coreia do Norte ou Venezuela. Não perdem por esperar.”

DESPESAS
União por um Brasil melhor
Humberto Schuwartz Soares – Vila Velha – ES
“É tempo de, em prol do Brasil, exercer união e redução de despesas públicas. Sindicatos que perderam receitas são os mentores das manifestações paralisantes, comprometedoras do sagrado ‘ir e vir’, usando os inocentes, úteis, estudantes. É tempo de reduzir despesas, ser patriota e fazer mais com menos.”

Olavo de Carvalho
Um conselho ao presidente Bolsonaro
José Pedro Naisser – Curitiba
“Senhor presidente, continuamos com 13 milhões de desempregados, mas você está preso nas garras e no pensamento de Olavo de Carvalho, esse formado em Ciências Ocultas e Letras Apagadas, e que tanto tem prejudicado o Brasil, fica dando ordens dos EUA. Um conselho: se afaste dele, comece a governar para o Brasil e passe a criar empregos. Cancele a flexibilização das armas, só favorece os bandidos. Já temos violência urbana, que tirou, em 2018, a vida de 62 mil brasileiros. Aceite esse conselho em nome do nosso país e dos que sofrem com violência e desemprego diariamente.”

Demanda
À espera de projetos na área de habitação
Uriel Villas Boas – Santos – SP
“O governo Bolsonaro, a cada dia, mostra divergências entre seus integrantes, o que inclusive motivou uma espécie de desabafo do ministro Paulo Guedes, afirmando que o Brasil está no fundo do poço. Deixando o parlamentarismo de lado, cabe uma cobrança: o empresariado, os Executivos municipais e estaduais precisam discutir projetos que atingem a área social, como as habitações sociais. Algumas siderúrgicas inovaram construindo moradias com estrutura de aço. Isso significa mais empregos, e também ganha o construtor em cada região, sobretudo atende ao objetivo maior, que é a moradia. Temos de ampliar, para mostrar que a sociedade pode e deve participar e não apenas ficar esperando.”

Errata
Diferentemente do informado na chamada da capa da edição de ontem, levantamento do EM confirma que, nos últimos cinco anos, a Educação sofreu bloqueios de R$ 25 bilhões, dos quais R$ 9,4 bilhões no governo Dilma, como mostrou a matéria que foi publicada na página 5.


NO EM.COM.BR

Kalil critica governo Bolsonaro: “Pqp, esse pessoal perdeu a noção”
“Nas manifestações, metade dos estudantes não sabem diferenciar contingenciamento com corte e a outra metade não eram estudantes.”
JGR

“Kalil, cadê os trocadores? Aumentou a passagem e os caras não voltaram... Não ia peitar a turma de mafiosos do transporte público?”
Marcelo Neri


NO FACEBOOK

Quebra de sigilo de Flávio foi feita para “me atingir”, diz Bolsonaro nos EUA
“Quem não deve não teme.”
Imaculada Fernandes

“Presidente, se houver algo de ilícito, que seja punido, independentemente de quem seja o pai. Se não houver, será uma ótima propaganda para o governo. Seus eleitores gostam de transparência.”
Inês Gonzaga

Kalil critica governo Bolsonaro: “Pqp, esse pessoal perdeu a noção”
“É verdade, mas esse Kalil também não é dos caras mais sensatos...”
Rhangel Ribeiro

“Nunca imaginei que iria concordar com o Kalil em alguma coisa e esse dia chegou.”
Ângelo Alves

ALMG se recusa a aumentar salário de secretários de Zema
“De novo não tem nada...”
Verônica Marques

“Não está tendo dinheiro nem pra acertar o 13º, que está sendo parcelado, agora quer aumentar salário de quem já ganha muito? Corta essa.”
Zinha Nunes Avelar

“Zema, onde estão seus compromissos de campanha?”
Alvaro Paiva


Publicidade