Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Espaço do leitor


postado em 04/04/2019 05:07

 

 




CARTAS:



Sintonia
Para fazer o Brasil
voltar aos trilhos

Jeovah Ferreira
Brasília

“Os habitantes dos 5.570 municípios brasileiros que tiveram a oportunidade de dizer aos políticos, pela TV Globo, o Brasil que querem, pelo andar da carruagem, dificilmente dirão que é este o Brasil que sonhávamos. A falta de sintonia que existe entre os poderes Legislativo e Executivo está tirando a esperança da população. Será que a bandeira branca que levantaram nas últimas horas vai realmente acabar com os desentendimentos que vêm atrasando a colocação do Brasil nos trilhos? O povo está aguardando ansioso pelo apito da partida do trem. Espera-se que essa bandeira branca continue levantada e que os protagonistas dos desentendimentos não façam como duas crianças que brigam porque uma chama a outra de feia, os pais vêm, mandam que peçam desculpas e se abracem, mas, depois que saem da presença dos genitores, o mais levado da breca vira para o outro e diz: ‘Você é feioso’. Aí, a vaca vai pro brejo. Tomara que essa bandeira continue tremulando e que o trem comece a correr e não haja risco de descarrilamento.”

Governo
Executivo, Legislativo e
Judiciário em desarmonia

Benone Augusto de Paiva
São Paulo

“Pensamento sábio e filosófico devidamente reconhecido pelo mundo político: ‘Quando a toga se corrompe, somente a farda poderá resolver’. Claramente o Brasil está passando por essa infelicidade. Teremos a compreensão e decisão dos três poderes ou a farda precisará intervir nessa área?”

Embate
Os três poderes
feito partida de futebol

Mário A. Dente
São Paulo

“Pelo que tem acontecido há muitos anos, a atuação dos membros dos três poderes é igual à dos jogadores de futebol em luta para ‘ganhar’. São chutes na bola ou nos adversários, cabeçadas e faltas. Não se interessam em ganhar para satisfazer os torcedores, mas satisfazer seus egos.”

LIBERTADORES
Atlético no interior da Venezuela

Hercules Randazzo
Belo Horizonte

“É preocupante o silêncio da diretoria do Atlético em relação ao jogo da Libertadores na conflagrada Venezuela, praticamente em situação de guerra civil. Sem segurança, falta de comida, itens básicos e um caos na assistência médica. A situação se agrava a cada dia. As relações críticas do Brasil com a Venezuela se deterioram com o tempo. Possibilidade de tragédia anunciada. Diretoria do clube, Federação Mineira de Futebol (FMF), CBF, Conmebol, governo federal e até o Itamaraty devem ser cobrados pela imprensa esportiva e pelos torcedores por essa temeridade. Vão ficar de braços cruzados? Ou, quem sabe, pede-se ajuda ao PT, que tem muita ligação com o ditador venezuelano?”



INTERNET


HOMEM QUE CHAMOU IDOSO DE MACACO NA SAVASSI É LEVADO PARA PRESÍDIO

“Não foi preso por ameaça, e sim por injúria racial, a que não é possível arbitrar fiança, e ainda teve mais um agravante fundamental: proferiu o termo pejorativo na frente dos PMs.”
. Fernanda Dias

“Bem feito!”
. Carlos Mariano

“Isso mesmo, tem que meter cadeia.”
. Maria Araújo

“Que falta de respeito! Um idoso indefeso, e vem uma pessoa de má-fé falar essas coisas para ele.”
. Karine Coimbra



MORO DEFENDE USO DE SNIPERS PARA ABATER CRIMINOSOS

“Quantas vítimas de ‘bala perdida’ ou ‘perseguição a bandidos’ nós vimos nos bairros nobres das grandes cidades? E quantas vezes as balas perdidas acertam meninos brancos, ricos e filhos de pais de classe média alta? Só uma dúvida mesmo. Não li ainda o ‘pacote anticrime’ do ministro, então não sei se ele contempla essas questões.”
. Wellington Dias

“Eu apoio.”
. Lia Vasconcelos

“Devíamos colocar uns snipers olhando para o condomínio do presidente. E não na favela. Está cheio de fuzil lá.”
. Paulo Victor Gonçalves


DIARISTA OUVE QUE NÃO PERDERÁ APOSENTADORIA E REBATE: ‘PALAVRA DE POLÍTICO’
“Eu sou contra pessoas que não contribuem receber aposentadoria.”
. Maria Martins

“Já foi feita auditoria e uma CPI. Não existe déficit na Previdência. Só estão querendo acumular mais dinheiro. E mesmo se existisse déficit, há uma dívida de trilhões de reais de empresas com a Previdência que o governo quer perdoar e jogar a conta nas costas do povo.”
. Rodrigo Gonçalves Soriano

“Que futuro tem um país cujo principal projeto do governo é tomar dinheiro de aposentadoria de velhos pobres, alegando ser essa a solução para os seus problemas?”
. Bibiana Carvalho


Publicidade