Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Espaço do leitor


postado em 18/03/2019 05:10

PREMONIÇÃO
Às vítimas da
escola de Suzano

Andreia Donadon Leal
Belo Horizonte

"Ao chegar do cartório de registro, há uma semana, me deparo com uma imagem que me deixou extremamente triste. De luto estou. De luto ficarei. O pássaro que frequentava o quintal da minha casa há dois anos, faleceu. Que dor! Subi as escadas, rapidamente. Peguei o forrinho de crochê que a saudosa confreira Cely Vilhena me deu de presente, enrolei o corpo do pássaro. Cavei a terra. Abri um buraco raso. Com os olhos marejados, rezei uma Ave Maria e um Pai Nosso. Eu e o corpo do passarinho. Premonição: alguma coisa me magoaria profundamente. Em seguida, ocorre a notícia do massacre de crianças e adolescentes em uma escola localizada no estado de São Paulo. Lacrei a lápide do passarinho pensando naquelas almas passarinhas. Muito triste. Triste é quem não tem liberdade. Triste é quem dispara bordoadas em quem trabalha e estuda. Árvore que dá fruta é que toma pedradas. Saudade de Drummond. Saudade do meu tempo de escola, quando ia e tinha certeza da volta. Saudade de pai, de minha infância, do meu jeito de criança. Saudade do disco arranhado. Saudade da vitrola, do vinil. Saudade do meu torrão."


COBRADORES
Transporte público
em Belo Horizonte

Sebastião Gonçalves Maciel
Belo Horizonte

"O Prefeito Kalil, em sua campanha, anunciou que iria melhorar o transporte público na capital. Mas o que estamos vendo é um verdadeiro caos com a ausência de agentes de bordo, ou cobradores. Na manhã de 13 de março, vários ônibus da linha 8203 não saíram da garagem e os funcionários da empresa responsável me informaram que se tratava de um protesto pela falta desses profissionais. Resultado: pontos de ônibus lotados, pessoas estressadas e muita gente chegando atrasada no trabalho. A falta dos cobradores implica em atrasos nas saídas dos coletivos, engarrafamentos enormes nas principais vias da cidade, uma vez que o motorista é obrigado a cobrar e selecionar troco aos passageiros. Quando entra um cadeirante, que merece toda a atenção desses profissionais, a situação piora, porque o motorista tem que sair do ônibus para ajudá-lo na subida e descida dos veículos. O que esperávamos era que todos nós, trabalhadores, tivéssemos um transporte digno em Belo Horizonte. E o que estamos vendo é uma revolta generalizada entre os cidadãos que ficam reféns de um serviço que piora a cada dia. Até quando teremos que aturar uma mobilidade urbana tão deficitária?. A população espera uma resposta."
 

SUPREMO
Cidadão comenta atitude
do presidente do STF

Marco Antonio Esteves Balbi
Botafogo - RJ

"Confesso que fiquei emocionado e entusiasmado com a defesa enfática que o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) fez da Justiça Eleitoral. Parei para refletir e me lembrei que uma decisão recente absolveu uma chapa candidata à Presidência da República por excesso de provas. Também não me esqueci que, em setembro do ano passado, pouco antes do pleito eleitoral, uma candidata denunciou que estava sendo usada como 'laranja', mas a Justiça parece que mandou ela se queixar ao bispo. Pano rápido!"


ENCHENTES
Sugestão para evitar
novas tragédias

Mário A. Dente
São Paulo

"Na opinião dos leitores dos jornais, vejo críticas aos governos e prefeitos de cidades no caso das enchentes que ocorrem com frequência. Mas o que eles podem fazer, se os cidadãos escolhem morar e ter prédios comerciais em locais baixos e próximos aos rios, córregos e locais por onde a água desce nas chuvaradas? A única providência seria não conceder licença para construções nessas baixas áreas."

 

l Áreas verdes de BH guardam rico tesouro natural e sofrem pressão imobiliária
“Depois que encheram a região do Belvedere de prédios, BH virou um forno. Antes tinha a temperatura amena.”
n Leandro Batista

“Construir prédio não pode. Mas montar favela está liberado.”@innocenttaxpayer“Se não houver uma defesa efetiva em proteger áreas verdes nas metrópoles, cidades grandes, a especulação imobiliária vai tomar conta de tudo. Adeus, áreas verdes urbanas. Já passou da hora de dar um basta nesta quantidade absurda de prédios em determinadas áreas e sugerir outras cidades da região metropolitana em providenciar infraestrutura adequada para abrigar construções para o programa Minha casa, minha vida.”Paulo Roberto Barbosa “E, com essa, quem perde é o meio ambiente, porque neste país o poder do dinheiro fala mais alto.”
n Jorge Luiz




l Áreas verdes de BH guardam rico tesouro natural e sofrem pressão imobiliária
“Região de Minas Gerais é tão linda; vão destruir tudo pela ganância.”
n Eliana Fosatto Fosatto

“Essas construtoras que causam as enchentes e outras tragédias de desequilíbrio ambiental!”
n Guilherme Neves


l Entenda quem ganha e quem perde com a reforma da Previdência
“Quem perde são os pobres, simples assim! Por que os bancos não são cobrados de acordo com a fortuna que recebem?”
n Zeni Nohme

“Quem ganha são os políticos e empresários.”
n Bruno Siebert

“Quem ganha: governo. Quem perde: todos os outros.”
n Daniel Fonseca 


Publicidade