Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Espaço do leitor


postado em 17/03/2019 05:10

EDUCAÇÃO
A tragédia
em Suzano

Luiz Felipe Schittini
Rio de Janeiro

"O depoimento de um ex-aluno e professor da escola corrobora as causas do massacre na cidade de Suzano (SP): o excesso de bullying entre os alunos e a falta de respeito com os docentes. Infelizmente, esse é o retrato da educação no Brasil."
 

DISCIPLINA
Agora, durmam
com esse barulho

Mauro Messias Alvim FIlho
Belo Horizonte

"Quando o presidente falou em militarizar as escolas, ouviram-se protestos de norte a sul. Se isso tivesse acontecido antes, teríamos evitado essa barbaridade. Bem como não teríamos notícias de alunos agredindo professores e colegas fazendo do recreio uma arena de UFC. Quando fui aluno do Colégio Estadual, nos anos 70, tínhamos um diretor militar que era durão! Porém, hoje vejo que havia disciplina. Mas não, a esquerda protesta. Fala que é voltar aos tempos da ditadura. Então, durmam com um barulho desse.



LUTO
Críticas à tolerância
excessiva na escola

Aloisio Caixeta
Belo Horizonte

"Todos ficam querendo saber o motivo de tanta violência. Será que no fundo já não sabemos? Os pais não são mais autoridade para seus filhos. Os professores não são mais autoridade para seus alunos. Vivemos dias de liberdade ampla e sem restrições, onde tudo é liberado e permitido. Somente direitos, direitos e direitos, nada de deveres ou cobranças. Hino e bandeira é ofensa, disciplina e hierarquia é tortura. Baile funk é cultura, onde jovens usam drogas, fazem sexo na rua, perturbam o sossego das pessoas e o direito de ir e vir, mas se a polícia impedir é repressão. Jogos de videogame onde se ganha ponto roubando ou matando velhinhos ou policiais, e achamos tudo isso legal e normal. Lei da palmada... Será que não sabemos mesmo o motivo dessa barbárie? Ou vamos continuar procurando uma resposta que já está explícita!"
ViTIMIZAÇÃO
Como ser uma
sociedade melhor

Marco Antonio Esteves Balbi
Botafogo - RJ

"É impressionante a vitimização que toda a sociedade promove em relação à juventude de hoje. Já apareceram as 'acusações' que o assassino mais jovem deixou de estudar porque sofria bullying na escola. Logo, muitos analistas sugeriram que esse tipo de brincadeira não poderia prosperar, em especial no ambiente escolar. Convenhamos que a modificação dos padrões educacionais trazidos do berço começaram a ser implementados de modo que nada e ninguém assume responsabilidade pelos seus atos. Se alguém da geração raiz fosse promover vinganças violentas todas as vezes que, no popular, foram sacaneados por colegas no colégio, teria havido vários banhos de sangue. Restauremos os padrões educacionais a partir do núcleo familiar e teremos uma sociedade melhor. Sem divisões."

l Ruínas de portaria de mina mostram horror da tragédia de Brumadinho
“Que coisa! Se algum funcionário tivesse permanecido ali, não teria morrido. Mas como imaginar?”
n José da Silva

l Paulo Guedes descarta realização de concursos públicos nos próximos anos
“A questão é: tecnologia e terceirização custam dinheiro também, e não é pouco. Então, se não haverá novos concursos para diversas aéreas, que sejam realizados esses aprimoramentos bem rapidamente.”
n Chico Neto



l Moradores da Zona da Mata são evacuados por risco em barragem da Vale
“Até quando teremos que sofrer com esse drama?”
n Jussara Nascimento

“Conheça Minas antes que a Vale acabe com tudo! Brumadinho já virou outra Mariana caindo no esquecimento... Qual será a próxima?”
n Anderson Bicalho

“Nossa, que tormento esses moradores estão passando!”
n Lillia Almeida

“Do nada várias barragens entraram em estado de emergência. Estranho...”
n Gabriel Castro

“O engraçado é que todas estão correndo risco quase ao mesmo tempo. Triste a situação dos moradores.”
n Zinha Nunes Avelar




l Paulo Guedes descarta realização de concursos públicos nos próximos anos
“Nos melhores países a taxa de servidores públicos é bem maior que aqui no Brasil. Eu quero ver como ficará o funcionamento de muitos setores com o sucateamento da mão de obra.”
n Nivia Machado

“Reforma, sim. Massacre dos trabalhadores, não. Reforma para quem tem privilégios.”
n Alice Angelica


Publicidade