Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Olhar para o futuro


postado em 30/01/2019 05:02

Um dos fatores que garantem o sucesso de uma organização é o investimento em jovens profissionais de talento. São pessoas que estão no início da carreira e podem ser representantes de boas ideias e com potencial para o desenvolvimento de grandes projetos. Formá-los e proporcionar o crescimento profissional por meio de programas de estágio e trainee, por exemplo, podem ser caminhos para viabilizar a perenidade de uma empresa.


Em uma instituição de saúde, as oportunidades são diversas. São vários negócios dentro de um só, sendo um excelente campo de aprendizado. Mas para que isso ocorra é importante que a organização se prepare para receber essas pessoas e para identificar possíveis talentos que podem ser formados na cultura e valores institucionais.


Tendo como core business a assistência, um hospital possibilita o investimento em diversas áreas, como as que se dedicam à segurança e qualidade assistencial do paciente, bem como a logística que envolve a prestação do serviço: alimentação, higienização e hotelaria, que nesse caso devem ser especializadas. Além dessas, existem as outras áreas que são comuns a outras organizações, como financeira, controladoria, recursos humanos e setores de apoio. É um segmento que requer planejamento na sua operação e execução através de processos que, por sua vez, são cada vez mais complexos.


Os estagiários e profissionais trainee representam o nosso olhar para o futuro. Estão em uma época de formação de ideias e valores, as quais podem ser bem aproveitadas na promoção de mudanças. Muitas vezes, em sala de aula, falta ao aluno a oportunidade para pôr em prática a teoria aprendida e quando uma instituição se organiza para recebê-lo, por meio de um programa com conteúdo bem objetivo e diversificado, esse período de formação é melhor aproveitado.


Para nós da Rede Mater Dei de Saúde, esses programas devem ter foco em conteúdo técnico, teórico e, também, comportamental. É dessa forma que contribuímos para o amadurecimento do profissional e que possibilitamos a identificação e alinhamento dos valores organizacionais com os pessoais.


Atualmente, 33% das principais lideranças da Rede Mater Dei de Saúde foram estagiários. Há 14 anos mantemos um programa de valorização do estagiário chamado de Estagiário Destaque, que os estimula a desenvolver as atividades de trabalho com eficiência. Tem como objetivo atrair e reter os acadêmicos com bom nível de desempenho, ao longo da atuação na rede. Os que se destacam podem ser efetivados, de acordo com a disponibilidade de vagas. Além disso, eles têm a oportunidade de obter novos conhecimentos sobre gestão, qualidade nas atividades realizadas, personalização e humanização no atendimento ao cliente e vários outros temas que são ministrados em capacitações. Somos uma rede em expansão e, por isso, há um perfeito alinhamento entre a fase que vivemos hoje como Mater Dei e a fase de desenvolvimento daqueles que almejam ir além. Certamente, serão valorizados aqueles talentos que querem crescer conosco.
O mundo vai ser outro, certamente, do que é hoje, em cinco ou 10 anos. Investir na formação desses acadêmicos é, principalmente, direcionar o olhar para o futuro e para garantir o constante crescimento. É dar oportunidade para o novo, é tornar perene um modelo de administração e liderança. Em um período de constantes mudanças, torná-las positivas depende do nosso investimento e ações realizadas hoje. Temos que estar capacitados para viver esse tempo. É nossa responsabilidade crescer e nos aperfeiçoar ao lado de todas essas transformações que estão ocorrendo.


Publicidade