Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Espaço do leitor


postado em 11/01/2019 05:06

VOTO SECRETO
Cidadão elogia presidente do STF e parlamentares


Benone Augusto de Paiva
São Paulo

“Parabéns ao ministro e presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, ao senador Renan Calheiros e ao deputado Rodrigo Maia. Os senhores estão absolutamente certos. Errados estão todos os cidadãos que querem uma ação eleitoral transparente dessas duas casas legislativas, que, com muita sapiência, sabem defender os seus membros criadores de capivaras.”

PRESIDENTE
Leitor demonstra apoio ao novo governo


Maurício Brito
Belo Horizonte

“Sobre as críticas direcionadas ao presidente Bolsonaro, concordo plenamente. Com ele. Está fazendo além do que todos os outros presidentes anteriores fizeram, como limpar a sujeira da corrupção e da ladroagem política, rever todos os conceitos reais de democracia, mostrar as artimanhas internas, mas, sim, de quadrilhas políticas nos três poderes. Está apenas começando, e os críticos com lavagem cerebral ideológica, alguns sindicalistas que não são trabalhadores e ganham para fazer arruaças, ficam dizendo besteiras. O país ainda se encontra no fundo do poço, colocado pelos últimos governos do conchavo partidário quadrilheiro. O primeiro objetivo está sendo alertar os caminhos a seguir, para depois agir com rigor, sem ser ignorante.”

CONFUSÃO
Assinante comenta troca de socos no Palácio das Artes


Fábio Moreira da Silva
Belo Horizonte

“‘O ministro saiu do baile da embaixada, embarcando logo no carro. Desde duas horas estivera a sonhar com aquele momento. Ansiava estar só, só com o seu pensamento, pesando bem as palavras que proferira, relembrando as atitudes e os pasmos olhares dos circunstantes. Por isso entrara no cupê depressa, sôfrego, sem mesmo reparar se, de fato, era o seu. Vinha cegamente, tangido por sentimentos complexos orgulho, força, valor e vaidade. Todo ele era um poço de certeza. Estava certo do seu valor intrínseco, estava certo das suas qualidades extraordinárias e excepcionais’.  O trecho acima dá início ao pequeno conto Sua Excelência, escrito por Lima Barreto (1881-1922), um dos romancistas da Primeira República. Na narrativa, um personagem guiado tão somente pelos seus sentimentos egocêntricos, cheio de si, e entregue aos devaneios. Pois bem, deixando a literatura de lado, vamos ao nosso cotidiano atual. Na língua portuguesa, ‘Sua Excelência’ ou ‘Vossa Excelência’, respectivamente, são pronomes de tratamento empregados de forma respeitosa em relação à pessoa com quem falamos, ou de quem falamos, normalmente a altas autoridades e oficiais-generais. Tudo isso, conforme a chamada norma culta. Porém, conforme vimos recentemente, não só a gramática, mas sobretudo a sociedade brasileira, tem sofrido com o mau comportamento de nossos nobres políticos e autoridades, sejam eles de qual esfera for ou função da qual exercem. Em matéria do jornal Estado de Minas intitulada ‘Agressão em pleno palco’, 20/12/2018, o Grande Teatro do Palácio das Artes foi cenário para ato inédito: troca de socos entre deputados eleitos para representar Minas Gerais no Congresso Nacional, em cerimônia de diplomação dos políticos mineiros que se transformou em uma disputa de grito e no braço entre apoiadores do ex-presidente Lula e do presidente eleito Jair Bolsonaro. Ora, não é de hoje. Em 2015, por diversas vezes seguidas, assistimos ao Conselho de Ética, que discutia o processo disciplinar que levaria à cassação do então presidente da Casa Eduardo Cunha, a ter sessões interrompidas e adiadas devido às reuniões marcadas por troca de insultos e até tapas entre os deputados. Logo o Conselho de Ética, que deveria zelar pelo bom comportamento, se transformou em péssimo exemplo de baixaria e maus preceitos. Voltando ao conto acima, o desenrolar da narrativa nos leva a interpretações diversas da trama que vão desde uma autoridade que se perde em seus devaneios egocêntricos, à insinuação de troca de classes sociais dos personagens, sem se importarem em se colocar no lugar do outro, e a reflexões da fugacidade de determinadas posições que são simplesmente momentâneas. Com a palavra, Vossas Excelências.”

EM.Com

APÓS QUASE UM MÊS, TAXISTA DESAPARECIDO EM BH É LOCALIZADO NO PARANÁ
“Um absurdo! Isso é uma falta de responsabilidade! Por causa de um irresponsável mobilizaram-se vários policiais que poderiam estar investigando crimes ou pessoas que realmente estão desaparecidas, e aí perdem tempo com um safado desse. A Justiça deveria fazê-lo pagar, agora, todo o gasto que a polícia teve para investigar o seu ‘sumiço’.”
Ruy Vale de Faria

“Bom, graças a Deus que está vivo, porém os fatos terão de ser esclarecidos. Quem levou o carro para Santa Luzia? Qual foi a condução que ele usou para ir à rodoviária? Enfim, tem negócio errado aí!”
Geraldo

“Cabra safado e pilantra! Como é que faz um negócio desses?”
Daniel Junior

“ALÔ, TERRA’’: SINAIS DE RÁDIO NÃO PARAM DE CHEGAR DO ESPAÇO
“Até os alienígenas estão encabulados com tanta coisa errada em menos de 10 dias.”
Thiago Rocha

“Depois da farsa da lua não acredito em mais nada.”
Gêneses Sarja

“No meio deste ano teremos contato com extraterrestres. Aguardem!”
Brian Moreira

CIRO GOMES: ‘DO JEITO QUE VAI, CAPITAL POLÍTICO DE BOLSONARO NÃO DURA SEIS MESES’
“A previsão dele está parecendo as dos institutos de pesquisa. Não dá uma dentro.”
Phillipe Luz

“‘Especialista’ que errou todas as previsões. Bom saber que não vai acontecer o que ele está dizendo.”
Arthur Wanderley

 

 


Publicidade