Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Espaço do leitor


postado em 09/12/2018 05:06

TRANSIÇÃO
Militares são piores
que os sindicalistas?

Kleber Pereira Gonçalves
Belo Horizonte

"O que é melhor para o Brasil, os sindicalistas de Lula ou os generais de Bolsonaro? Essa é a pergunta que me faço. Em 11/01/04, foi publicada uma matéria sob o título 'Companheiros no poder. Lula dá emprego a mais de 40 sindicalistas'. E mais: 'Doze são os ministros que já foram integrantes de sindicatos e o segundo e terceiro escalões também têm representantes sindicais'. Pois bem, qual a razão de criticarem Bolsonaro por ter nomeado meia dúzia de generais da reserva, comprovadamente capazes, e que já cumpriram árduas missões, inclusive as de pacificação no Haiti e no Congo? Agora, o que dizer dos sindicalistas? O que fizeram pelo Brasil? Assim de memória, citaria alguns: Jaques Wagner, Luiz Dulci, Jair Meneguelli, Luiz Marinho, Pizzolato, João Vaccari Neto, Sérgio Rosa e tantos mais que ficaram empoleirados nos governos petistas. Fala-se tanto em preconceito e esse contra militares é apenas mais um."


CRÍTICA
Assinante critica
Poder Judiciário

Mário A. Dente
São Paulo

"Os problemas deste país são criados por políticos eleitos pelo povo, mas são todos lixo não reciclável. É só ver quantos presidentes, governadores e prefeitos são acusados por crimes de apropriação indébita. Outro problema é o Judiciário com suas 'decisões' não jurídicas beneficiando os que os indicaram, amigos, parentes ou colegas. Enquanto os juízes dos ditos supremos recebem críticas dos leitores dos jornais, só um dos milhares de juízes, que não é supremo, recebe elogios, o da Lava-Jato."


IMPOSTO
Fim das mordomias
para sindicalistas

Benone Augusto de Paiva
São Paulo

"A situação atual dos sindicalistas, sem as benesses da sustentação que era dada, obrigatoriamente, mediante o pagamento do imposto sindical, está mudando drasticamente o comportamento nababesco em que vivia, sem trabalhar, a imensa maioria de sindicatos inúteis. Além de sindicalistas vivendo à custa dos trabalhadores e gastando em farsas políticas depredatórias que não interessavam ao bem-estar de quem lhes sustenta. A casa caiu, acabou a mamata do pão com mortadela e enriquecimento de muito membros sindicais. Agora, terão que trabalhar, mostrar serviço para conquistar os contribuintes para a sua sustentação."


PRESIDENTES
Apreensão com eleição
no Congresso Nacional

Jeovah Ferreira
Brasília

"Os brasileiros que não queriam o retorno do Partido dos Trabalhadores (PT) ao poder, depois de 28 de outubro, com a vitória de Jair Bolsonaro, ficaram livres da ansiedade. Agora, dá para notar a felicidade estampada no rosto das pessoas. O otimismo está se espalhando por todo o Brasil. Somente os petistas não esperam o melhor e, como sempre, desejam que nada dê certo. Que esse clima agradável que estamos vivendo não venha a ser interrompido com as eleições para as presidências do Senado e da Câmara dos Deputados. O povo está querendo gente diferente presidindo as duas Casas. Andei pelo interior de Goiás no último fim de semana, ouvi em rodas de conversa que para o bem do presidente eleito é melhor que Renan Calheiros e Rodrigo Maia, caso venham a concorrer às presidências, sejam derrotados. É o povo querendo que no caminho de Bolsonaro não haja espinhos."


Publicidade