Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Espaço do leitor


postado em 29/11/2018 05:29

 

 

 

 




cartas:





TEMER
Cidadão insatisfeito com
último ato do presidente

Benone Augusto de Paiva
São Paulo

"Michel Temer, terminando o seu governo restante de mandato do PT, acaba de mostrar a sua intenção de fechar as portas com chave enferrujada, assinando a lei absurda de aumento de 16,38% para os ministros de Supremo Tribunal Federal (STF). O que, certamente, descerá em cascata para os demais dessa área jurídica, e proporcionando um rombo enorme nas contas públicas para o próximo governo pagar. Grande gentileza com o chapéu do outro!"


COMENTARISTA
Ex-árbitro encerra
carreira na televisão

José Pedro
Curitiba

"Depois de comentar o jogo Brasil x Camarões, o grande brasileiro Arnaldo Cezar Coelho, depois de 54 anos dedicados ao esporte, 25 como árbitro, que tem no seu currículo o orgulho de ter apitado a final da Copa do Mundo de 1982 (Itália e Alemanha), na Espanha, que o grande juiz conduziu com elegância, maestria, ética e honestidade, encerrando ali sua carreira de árbitro nos campos de futebol. Convidado depois para ser comentarista de futebol na televisão, trabalhou por mais 29 anos, como sempre ético e honesto, acertava em todas as finais de jogos o tempo que o juiz daria de acréscimos. E confirmava se o gol era legal ou ilegal. Esse grande brasileiro Arnaldo Cezar Coelho, sem saber da grande contribuição, criou a máxima em seus comentários, 'a regra é clara', pois conhece todas as regras e leis da Fifa. Sabia tudo, mas a sua maior contribuição foi em relação aos tempos difíceis que vivemos no Brasil, principalmente em relação aos maus governantes que enterraram nosso país no mensalão, petrolão e o 'quadrilhão', nesse último governo. Ele falava que 'a regra é clara', está escrito na Constituição, temos que cumpri-la, com isso evitamos a corrupção. Uma pena que muitos não o ouviram, não o seguiram.
Um mérito maior é que esse brasileiro virou símbolo
de ética e honestidade.
Citou também a importância
da disciplina, porque sem
ela não chegamos a lugar nenhum. Merece todas as nossas homenagens este que deu sempre o melhor de si em favor do esporte e na vida".

 

 

 

 

 

Brasil
Assinante comenta sobre
governos do passado

Hernani José de Castro
São Gonçalo do Rio Abaixo – MG

"O Brasil sempre mostrou sua característica de 'exótico'. Em 1964, a desculpa para se apoderar da cadeira principal foi pela falta de seriedade. Muito bem. Só que a administração dos militares, apesar de ter sido exemplar no campo da seriedade, deixou no ar a intenção primeira. À época, antes de o governo empossado ter montado um sistema 'comunista', como diziam, se apoderaram do Planalto. Entender essa ação, após 20 anos no poder, é muito difícil, pois o último presidente 'pintou o quadro' que passaria o país daí para frente. Dizia que 'o povo vai sentir saudade de nós, militares'. Agora, vamos pagar para ver."


HERANÇA PETISTA
Leitor destaca
situação do país                                                    

Humberto Schuwartz Soares
Vila Velha – ES

"O Brasil, com dívida de 77% do Produto Interno Bruto (PIB), pouco pode investir e amenizar as obrigações básicas como saúde, educação, infraestrutura, segurança e mobilidade urbana. O país carece de maior eficiência com os recursos disponíveis e precisa de vigorosa redução de despesas. Essa é a herança que será recebida por Bolsonaro após 16 anos de governo petista."



internet


MÉDICOS BRASILEIROS JÁ OCUPAM VAGAS DE CUBANOS, MAS CIDADES TAMBÉM TÊM DESISTÊNCIAS
"Temos 452.801 médicos (2,18 médicos por mil habitantes), mas esses não querem trabalhar no interior. Neste ano, se formam mais de 25.000 médicos, tanto que o MEC e o presidente do CFM pediram a proibição da abertura de novos cursos de medicina, pois de nada adianta ter tantos cursos e formar tantos profissionais apenas para ficar na capital."
. Renan Mendes
 
"o pior é que terá cidade em que tiraram médicos com formação especializada em atendimento básico e saúde da família para colocar médico recém-formado que só sabe ler exame e receitar remédio."
. Fred Cardoso

ESTUDANTE DE QUÍMICA OFERECIA 'CARDÁPIO' DE DROGAS E ORIENTAÇÕES PELA INTERNET
"O que adiantou? Deve ter vivido tempos ganhando dinheiro fácil, se drogando, para um dia tudo acabar. Vai ficar preso uns cinco anos, a familia destruída gastando o que tem e o que não tem com advogado. Um dia a casa cai, não adianta, e pode ter certeza de que em uma semana dormindo atrás das grades o playboy vai se arrepender de tudo que fez."
. Gustavo Azevedo

"Pelo que vi, ele é tão bom aluno que acabou utilizando o aprendizado de forma ilícita. Ele poderia estar cursando em qualquer outra instituição de ensino e ter a mesma ideia. Tem a história de um casal inglês que traficava maconha e já tinha gasto US$ 1 milhão em ajuda humanitária, na África, com o que era arrecadado"
. Fernando Santos

"Não tem lugar melhor e mais apropriado para esse fora da lei fazer isso não, pois nesse ambiente em que ele ’diz estudar’, é onde tem o maior número de clientes?"
. Luciano Abreu



facebook


TREM QUE VAI LIGAR MINAS AO RIO PODE SER INAUGURADO EM JANEIRO
 "Esse trem é turístico e tem só 168 quilômetros de trilhos. Já o de Minas para Vitória tem 664 quilômetros e todos os dias um sai de Pedro Nolasco, em Vitória, e em sentido oposto o de BH sai às 7h. É uma viagem massa. Vagões com ar-condicionado, restaurante, vagão especial adaptado para pessoas com deficiência física. Muito massa viajar no trem, mas a viagem é longa e um pouco cansativa, principalmente se estiver com criança!"
. Alexandre Silva

"Tomara!!!!! O Brasil tinha que investir mais em trens e outros modais de transporte."
. Rangel Vitor

"Parabéns, o Brasil precisa de mais trens e menos ônibus e caminhões nas estradas."
. Edson Ienzen

 

 


Publicidade