Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Espaço do leitor


postado em 15/11/2018 05:05

JUSTIÇA

Assinante aponta
crimes cotidianos

Gege Angelini
Belo Horizonte

"A empresa esperta, que dribla a lei vigente e acha buracos nela, comemora a inauguração do voo de avião de grande porte na Pampulha. Em que pese a revolta da população de todo o entorno, das entidades ligadas à preservação do meio ambiente como um todo, gaba-se dessa vitória. Mas tenho plena convicção de que isso ocorrerá por pouco tempo, pois as ações cautelares e decisões de tutela antecipadas serão impetradas de imediato e a justiça se fará valer. Empresas assim, que burlam leis e causam danos irreversíveis à cidade, não merecem beneplácitos legais. O aeródromo da Pampulha, hoje, é um severo perigo à comunidade e a continuidade de voos de jatos maiores traz incertezas impensáveis. Decisão boa para uns poucos e péssima para milhões. Há Justiça neste paiseco?"


FEBRE

Historiador se preocupa
com matança de animais

Daniel Marques
Virginópolis –  MG

"Triste e preocupante as pessoas matando os inocentes macacos, que não transmitem a febre amarela, mas ao morrer da doença servem de alerta ao ser humano. Essa doença é transmitida através da picada de um mosquito infectado e, em última análise, nós, humanos, somos responsáveis pela destruição da natureza e essas consequências desastrosas são provas disso. A sociedade, empresários, igrejas, meios de comunicação, escolas, entre outros, podem e devem divulgar esclarecimentos sobre a inocência dos macacos na transmissão da febre amarela, para impedir um massacre estúpido, gratuito e maldoso. Bom lembrar que diversos estudos apontam o Brasil como o segundo país mais ignorante do mundo. Tal fato nos envergonha no exterior e levará o país a ocupar o primeiro lugar."


sucessão

Assinante analisa
situação eleitoral

Hernani José de Castro
São Gonçalo do Rio Abaixo/MG

“Essa fala de que a esperança é a última que morre, pelo visto, é enterrada com os corpos. Muitas coisas ensinadas na esperança acabam se concretizando para quem sempre a teve. Assim sendo, mesmo utopicamente, é tradição humana, como o umbigo, todos a terem. Mas, na política, ela é, de fato, utópica – para quem a segue. Dentro de todos os estardalhaços investigados pela Lava-Jato, manifestações nas principais vias das grandes cidades, nossa esperança de eleger mulheres para termos uma visão melhor do futuro frustra-nos a cada eleição. Não precisamos citar o currículo pessoal e político de Marta Suplicy – trouxe amante francês e, numa maracutaia anticonstitucional, conseguiu engajá-lo num cargo público. Ninguém sabe o paradeiro do cidadão estrangeiro. Ainda saiu da governança paulista deixando rastros contra a Lei de Responsabilidade Fiscal – à época filiada ao PT. Sobre Dilma, que nunca governou o país, não precisamos citar nada. A coisa toda foi um desastre. Todos esperávamos uma avalanche de novos nomes na eleição de 2016 e o resultado mostra alguma inovação. Seria, para nós, com a nossa esperança, uma guinada para melhorias. No entanto, são cinco novatos ganhadores de cadeiras no Legislativo de Belo Horizonte. A raiz disso tudo está nos benefícios exagerados que a Presidência oferece, segundo a legislação em causa própria de seus antecessores. E a representante do PSOL, com 17.420 votos, pelo visto, não está nem aí. Precisamos acabar os penduricalhos dos políticos! Espero mudanças significativas para as eleições deste ano!”

 

l Presos divulgam imagens de fogo durante rebelião na Grande BH
“Se formos olhar pelo lado ‘simplista’, e fácil dizer que, se eles não quisessem passar por essa situação que NÃO tivessem cometido crimes. Mas esse é o lado simples para vermos a situação dos encarcerados. Eles estão presos e o Estado tem de propiciar a eles condições mínimas para a sobrevivência naquele estabelecimento. No Brasil não existe a pena de morte, então existem leis a serem cumpridas. Agora, necessário seria colocar todos eles para trabalhar, e com o rendimento pagarem os custos que geram no presídio.”
n Francisco Antônio de Carvalho

l Deputado da tatuagem consegue cargo para ‘filhão’ no governo Temer
“Na atual política, os parlamentares não tiram o voto da consciência, mas, sim, de acordo com o que recebem em troca. Esse é bem um exemplo. Um deputado que sustenta o mandato com recurso no TSE (teve o mandato cassado em dezembro e ingressou com recurso), que não tem qualquer compromisso com a ética e a moral, vota o que o presidente quiser para que o filho tenha um cargo. O mesmo acontece com a maioria que vive do bolsa-família. Os beneficiários deveriam entender que receber o bolsa-família não os obriga a votar no governo. A maioria tem medo de perder o benefício, por isso acontece o que estamos assistindo há duas décadas. Nosso país não merece os analfabetos políticos que tem!”
n José

l Temer vai a programas de Amauri Jr., Silvio e Ratinho para tentar popularizar reforma
“Absurdo ! Essa reforma vai acabar com a aposentadoria do povo trabalhador. Se fosse boa, não precisaria de tanta propaganda.”
n José Xavier


l Veja as respostas às principais perguntas sobre a condenação de Lula
“Não envolve nada demais! Os embargos serão analisados e serão negados. Acabou, o Lula passa a ser inelegível!
Se ele registrar sua candidatura, o TSE irá cassá-la. É simples!”
n Tiago Mansur

l Temer vai a programas de Amauri Jr., Silvio e Ratinho para tentar popularizar reforma
“Acho que ele deveria era fazer isso em praça pública, um discurso defendendo essa tão ‘necessária’ reforma! Tá com medo?”
n Domingos Silva


Publicidade