UAI
Publicidade

Estado de Minas Covid-19

Ômicron se espalha com rapidez recorde, diz OMS


15/12/2021 04:00

Nenhuma variante da COVID-19 até agora se espalhou tão rapidamente quanto a Ômicron, alertou a Organização Mundial da Saúde (OMS) ontem, lembrando que a maioria dos países já foi afetada. "Atualmente, 77 países relataram casos de Ômicron, mas a realidade é que a cepa provavelmente está na maioria dos países, embora ainda não tenha sido detectada. Ele está se espalhando a uma velocidade que não vimos com nenhuma outra variante", disse Tedros Adhanom, diretor-geral da OMS, em uma entrevista coletiva.

"Estamos preocupados com o fato de que as pessoas considerem a Ômicron como leve (...) Embora a Ômicron cause doenças menos graves, o número de casos pode sobrecarregar novamente os sistemas de saúde despreparados", acrescentou.

O chefe da OMS também alertou a comunidade internacional que as vacinas por si só não vão permitir que nenhum país saia desta crise, e pediu que se valessem de todas as medidas anticovid existentes, como máscaras e distanciamento social. "Façam tudo isso. Façam isso de forma coerente, façam bem", insistiu.

Tedros também enfatizou que vários países aceleraram a aplicação de doses de reforço na população adulta após o surgimento da variante ômicron, mesmo "sem termos evidências sobre a eficácia das doses de reforço contra essa variante".

Com essas medidas, a OMS teme que os países ricos voltem a acumular os imunizantes e as nações mais pobres não consigam avançar em suas campanhas de vacinação. "Serei claro: a OMS não é contra as doses de reforço. Somos contra a injustiça" nas vacinas, enfatizou o diretor da OMS.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade