Publicidade

Estado de Minas LUTO NA IMPRENSA

Morre ex-diretor executivo do Correio Braziliense, João Cabral de Araujo

Ex-condômino dos Diários Associados era economista; ele morreu na madrugada deste domingo (28/3) por causa de uma insuficiência respiratória


28/03/2021 11:36

João Cabral (em pé, ao centro) foi diretor do Correio Braziliense(foto: Arquivo Pessoal)
João Cabral (em pé, ao centro) foi diretor do Correio Braziliense (foto: Arquivo Pessoal)


Morreu na madrugada deste domingo (28/3) o economista e ex-diretor executivo do Correio Braziliense João Augusto Cabral de Araujo. Ele tinha 63 anos e faleceu em razão de uma insuficiência respiratória.

Portador de uma síndrome hepatorrenal, que consiste em uma rápida deterioração da função renal, João chegou a ser internado, mas o quadro se agravou.

Filho de Paulo Cabral de Araújo, que chegou a ser presidente dos Diários Associados e do Correio Braziliense, João também atuou na direção executiva do jornal brasiliense e foi condômino do grupo. 

O sexto filho de uma família de oito irmãos, João nasceu em Fortaleza e morou no Rio de Janeiro, em Belo Horizonte e em Brasília, onde estava desde 1974. Na capital federal, o cearense cursou o Ensino Médio e se formou em Economia pela Universidade de Brasília.

Ao lado da esposa, Ana Maria, João criou quatro filhos: Mario Jorge, Alexandre, Rafael e Cecília. Ele teve três netas, Catarina, Ana Luiza e Isabela.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade