Publicidade

Estado de Minas GERAL

Sabatina de candidatos debate educação


18/10/2020 13:28

O Estadão, em parceria com o movimento Todos Pela Educação, realizará a partir de sexta-feira, 23, quatro sabatinas com candidatos à Prefeitura de São Paulo exclusivamente sobre o plano de cada um deles para a área da educação.

O critério utilizado para definição dos entrevistados foi a pesquisa Ibope/Estadão/TV Globo do dia 2 de outubro, que apontava Celso Russomanno, do partido Republicanos, com 26% das intenções de voto, seguido pelo atual prefeito, Bruno Covas (PSDB), com 21%, Guilherme Boulos (PSOL), com 8%, e Marcio França (PSB), com 7%.

Cada sabatina terá duração de 35 minutos. A presidente do Todos Pela Educação, Priscila Cruz, fará a apresentação e os repórteres Renata Cafardo e Bruno Ribeiro serão os responsáveis pelas entrevistas. O prefeito Bruno Covas abrirá a série nesta sexta-feira, 23, às 16h. Boulos será o segundo sabatinado, dia 28, às 14h. O Estadão aguarda o retorno das equipes dos outros dois candidatos para definir as próximas datas e horários.

As perguntas serão norteadas pelo documento Educação Já Municípios, criado pelo Todos Pela Educação em conjunto com 14 especialistas da área educacional.

A iniciativa nasceu com o intuito de oferecer ao poder público orientações de como agir no curto e médio prazo no cenário de pandemia, compreendendo que a gestão assumirá ainda antes do término desse grave problema de saúde e precisará pensar em uma retomada quando essa questão for superada.

Papel importante

"Os gestores municipais têm a responsabilidade de criar as bases para a educação básica em todo o País, e este ano, com um cenário tão desafiador, é preciso ter pessoas bem preparadas", disse Priscila. "E para apoiar na construção dos planos de governo municipais e qualificar esse debate já no período eleitoral o Todos lançou essa iniciativa", acrescentou.

Uma reunião na segunda-feira, 19, determinará os assuntos que serão debatidos. Os temas devem ser enviados na terça-feira, 20, para os candidatos. "A parceria do Estadão na realização dessas entrevistas em São Paulo dará a visibilidade necessária às propostas para melhorar a educação paulistana", afirmou.

Para o Diretor de Jornalismo do Grupo Estado, João Caminoto, não há nada mais importante para o futuro do País que a construção de uma estrutura educacional de qualidade. "Com essa parceria, esperamos que os candidatos exponham com qualidade e seriedade suas propostas para uma área crucial", afirmou.

Para lembrar

Adiado por causa da pandemia, o 1.º turno das eleições municipais será em 15 de novembro. Se houver 2.º turno, a votação será em 29 de novembro. O horário de votação também mudou e será das 7h às 17h. E, para evitar contaminação, não haverá identificação biométrica neste ano. Todos deverão usar máscara no dia da eleição e o eleitor é orientado a levar a própria caneta para assinar o caderno de votação. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade