Publicidade

Estado de Minas MEIO AMBIENTE

Câmara criará comissão para acompanhar queimadas na Amazônia, diz Maia

Comissão externa de deputados federais vai analisar situação na floresta e propor soluções ao governo federal


postado em 22/08/2019 13:41 / atualizado em 22/08/2019 15:39

Bombeiros combatem incêndio no Pará. Queimadas na Amazônia serão analisadas pela Câmara dos Deputados(foto: Bombeiros do Pará/Divulgação)
Bombeiros combatem incêndio no Pará. Queimadas na Amazônia serão analisadas pela Câmara dos Deputados (foto: Bombeiros do Pará/Divulgação)

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse em seu perfil pessoal no Twitter que a Casa vai criar uma comissão externa para acompanhar o problema das queimadas na Amazônia. Além disso, o parlamentar também informou que também vai realizar uma comissão geral nos próximos dias para avaliar a situação e propor soluções ao governo. "É importante para mantermos forte nossas exportações do agronegócio e preservar o nosso meio ambiente", disse Maia.

Comissão geral é o termo usado para definir um amplo debate realizado pelo plenário da Casa para discutir matéria relevante para o país. Além dos deputados, o evento pode contar com representantes da sociedade ligados ao assunto e também com ministros de Estado.

A decisão de Maia vem um dia depois de o presidente da República, Jair Bolsonaro, dizer a repórteres que Organizações Não Governamentais (ONGs) seriam as maiores suspeitas por incêndios criminosos que se alastra pelas regiões Norte e Centro-Oeste do Brasil nos últimos dias.


O assunto está sendo mundialmente repercutido pela imprensa internacional. Nos últimos dois dias, o Twitter contabilizou 4 milhões de posts sobre o tema por todo o mundo. A preocupação com o desmatamento da Amazônia tem dominado a agenda de política externa brasileira, principalmente após Noruega e Alemanha cancelarem repasses milionários para ações de preservação da floresta.


Publicidade