Publicidade

Estado de Minas GERAL

Casal furta cão em frente a supermercado na zona sul de SP


postado em 09/04/2019 14:04

No último dia 4 de abril, quinta-feira, a professora universitária Juana Diniz, de 44 anos, foi ao supermercado Minuto Pão de Açúcar localizado na Rua Muniz de Souza, no bairro Aclimação, na zona sul da capital paulista, com seu cachorrinho Café. Como de costume, deixou o cão Shih Tzu preso em uma barra onde ficam os carrinhos de compra em frente à porta de entrada da loja. Não imaginava que quando voltasse, o filhote não estaria no mesmo lugar.

"Tem um espaço para deixar cachorros, mas fica na lateral, por isso eu deixo na barra de carrinhos que fica bem na entrada. Além disso, não tem vigilante na porta, essa é a grande questão", disse Juana.

Ela lembra que chegou ao estabelecimento por volta das 19h. "Deixei o carro em um posto de gasolina para trocar o óleo. Como ia demorar, aproveitei para comprar maçãs. Não fiquei nem 10 minutos dentro da loja", contou.

O desespero veio no momento em que a porta automática abriu e Juana viu apenas a guia de Café. As imagens divulgadas pelo estabelecimento mostram que um casal a seguiu, pegou o cão e foi embora tranquilamente. Dois clientes aparecem no vídeo saindo no mesmo momento da loja, mas como o filhote é muito dócil, ele não expressou nenhuma reação. "Ele está acostumado a conviver com muitas pessoas, muitos amigos", destacou.

"Não me lembro de nada. Apenas do meu desespero. Comecei a gritar: 'Café, Café, Café'. Não pensei em nada. Achei que tivesse escapado. Aí, algumas pessoas vieram me ajudar e viram que tinham câmeras de segurança. Pedi para os funcionários e vi nas imagens um homem pegando o Café. Ele deve ter aproximadamente 40 anos. A mulher que estava junto com o homem aparece no vídeo segurando o braço dele por duas vezes, mas não é possível saber se tentava impedi-lo ou incentivá-lo a pegar o Café. Perguntei para todos se reconheciam o casal, mas todos negaram", detalhou Juana, ainda bastante emocionada.

Ela ligou para a polícia ainda da loja. Uma viatura foi até o local e a acompanhou até uma comunidade da região. "Todos disseram que não sabiam de nada", disse.

Ao chegar em casa, mais uma situação difícil: dar a notícia aos filhos de 8 e de 11 anos. A professora conta que as crianças não paravam de chorar. "O Café faz parte da nossa família. A reação dos meus filhos foi péssima. Do meu marido também", afirmou.

No dia seguinte, ela fez o Boletim de Ocorrência (BO) no 6ºDP (Cambuci). Uma equipe está investigando o roubo. Quase uma semana depois do ocorrido, ainda não há notícias sobre o cãozinho.

A rotina da casa também foi afetada. "Meus filhos acordam tranquilos, sempre na esperança de que o Café vai retornar nesse dia. Mas à noite, choram bastante. Minha filha até deita na caminha dele. Nosso filhote é muito amoroso. Sempre que alguém chega, pula sem parar até que a gente o pegue no colo", ressaltou ela.

No dia 21 de abril, Café completa um ano e a família quer manter os planos de fazer sua festinha de aniversário e comemorar o reencontro.

O Pão de Açúcar esclarece que, tão logo tomou conhecimento do ocorrido, ofereceu total apoio à cliente e mobilizou os funcionários para uma busca pelo animal nas proximidades da loja. "A empresa segue auxiliando nas buscas e, inclusive, já entregou todas as imagens das câmeras de segurança, desde a chegada da cliente, às autoridades policiais para que a investigação seja feita, permanecendo à disposição para auxiliar com outras informações", destacou a empresa em nota.

A loja reforça que se solidariza com a cliente neste momento e torce para que o Café seja encontrado o mais rápido possível.

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública de São Paulo (SSP), informa que o caso é investigado pelo 6º Distrito Policial (Cambuci). A equipe esteve no local e analisa imagens de câmeras de segurança visando à identificação dos autores e esclarecimento do crime.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade