Publicidade

Estado de Minas GERAL

Atirador menor de idade entrou na escola falando que iria retomar os estudos


postado em 13/03/2019 19:58

Segundo o secretário de Estado da Educação, Rossieli Soares, o atirador G.T.M., de 17 anos, estudou na unidade por dois anos e, em 2018, largou os estudos. Ele teria dito que queria voltar a estudar no local.

"Trata-se de um ex-aluno que estava, inclusive, sendo monitorado, como processo da secretaria para que retornasse a essa escola. Ele voltou à escola alegando que iria à secretaria para retomar os estudos. Então, até a informação que a gente tem, a escola estava aberta para poder receber o ex-aluno."

Ele afirma que o jovem não causou problemas enquanto foi estudante da unidade. "Ele nunca trouxe problemas. Era um aluno muito quieto, calmo."

O secretário disse que não tinha informações sobre o histórico de Luiz Henrique de Castro, mas que a pasta está fazendo um levantamento.


Publicidade