Publicidade

Estado de Minas TRAGÉDIA DE SUZANO

No Twitter, ministra Damares presta solidariedade às famílias das vítimas de Suzano

Tiroteio deixou dez mortos, incluindo os dois atiradores, que se suicidaram


postado em 13/03/2019 15:02

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, prestou solidariedade às famílias das vítimas do atentado em uma escola em Suzano, que deixou dez mortos, entre eles os atiradores. Ela também colocou a pasta à disposição.

"Acordamos hoje com esta terrível notícia e estou estarrecida. Às famílias manifesto meu imenso pesar e coloco este Ministério à disposição para prestar todo o apoio necessário", escreveu. "Que Deus abençoe os que estão em atendimento para que sobrevivam."

O tiroteio deixou dez mortos, incluindo os dois atiradores, que se suicidaram. A polícia confirmou a identidade dos dois atiradores que abriram fogo na Escola Estadual Raul Brasil em Suzano, matando oito pessoas. Os dois se mataram depois. Um deles é Luiz Henrique de Castro, que faria 26 anos neste sábado, 16, e o outro é G.T.M., de 17 anos.


Publicidade