Publicidade

Estado de Minas TRAGÉDIA DE SUZANO

Ministro da Educação, Vélez comunica que irá a Suzano ainda nesta quarta-feira

'Crianças e jovens são o bem mais precioso de uma nação', disse ministro


postado em 13/03/2019 14:31 / atualizado em 13/03/2019 15:01

'Crianças e jovens são o bem mais precioso de uma nação', disse ministro(foto: Luis Fortes/MEC)
'Crianças e jovens são o bem mais precioso de uma nação', disse ministro (foto: Luis Fortes/MEC)
O ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, comunicou que irá a Suzano ainda nesta quarta-feira, 13, para acompanhar as investigações do tiroteio ocorrido na Escola Estadual Raul Brasil na manhã desta quarta-feira. Mais cedo, o ministro expressou "profundo pesar pelo crime bárbaro".

"Crianças e jovens são o bem mais precioso de uma nação. É inadmissível que sofram qualquer tipo de violência. O ambiente escolar deve ser sagrado. Ainda hoje, estarei na cidade de Suzano", publicou o ministro em sua conta no Twitter.





O tiroteio deixou dez mortos, incluindo os dois atiradores, que se suicidaram. A polícia confirmou a identidade dos dois atiradores que abriram fogo na Escola Estadual Raul Brasil em Suzano, matando oito pessoas. Os dois se mataram depois. Um deles é Luiz Henrique de Castro, que faria 26 anos neste sábado (16), e o outro é G.T.M., de 17 anos.


Publicidade