Publicidade

Estado de Minas GERAL

Após recusa da Tuv Sud, Vale busca outra empresa para auditar barragens


postado em 20/02/2019 13:24

A Vale informou ao Broadcast que está buscando no mercado outras empresas para fazer auditorias em suas estruturas, depois que a alemã Tuv Sud avisou nesta terça-feira, 19, que não iria mais emitir Declarações de Estabilidade de Barragens (DCEs) para a Vale até que seja revisto o sistema de avaliação dessas DCEs.

A Tuv Sud atestou a segurança da Barragem 1 da mina da Vale em Brumadinho, Minas Gerais, que se rompeu há quase um mês e causou a maior tragédia desse tipo de acidente com barragens do Brasil, que caminha para um saldo de mais de 300 mortos. Esta semana, o governo brasileiro proibiu a construção de barragens do tipo da mina da Vale em Brumadinho e exigiu que a mineradora desative as existentes.

"A Vale informa que está em contato com outras empresas reconhecidas no mercado para realizar as auditorias de suas estruturas, enquanto as autoridades apuram os fatos", informou a companhia por meio de nota.

Segundo a Tuv Sud em nota enviada à imprensa nesta terça, "há maior incerteza sobre a confiabilidade do atual sistema de DCEs (Declaração de Condição de Estabilidade da Barragem) quanto às condições de estabilidade das barragens e se o sistema ainda pode ser considerado apropriado para uma proteção adequada contra riscos graves das barragens de rejeitos, em particular para a vida humana e o meio ambiente."


Publicidade