Publicidade

Estado de Minas GERAL

Com elementos hi-tech, árvore de Natal do Ibirapuera será inaugurada sábado


postado em 28/11/2018 07:35

Com três metros a mais de altura e uma estrela grande no topo, a árvore de Natal do Parque do Ibirapuera, na zona sul de São Paulo, está quase pronta para ser inaugurada no próximo sábado.

Símbolo do Natal na cidade, o pinheiro medirá 43 metros e terá 15,5 metros de diâmetro. Na base, cinco esculturas de ursos em tamanho real e duas árvores cobertas de luzes ajudam a compor o clima. Este ano, a decoração vai celebrar a união em família.

Quem circula todos os dias pela região já aguarda com expectativa. "Todos os anos acompanho com grande emoção esse momento. A energia do Natal é contagiante. Passo aqui todos os dias e não vejo a hora de ver a árvore montada. Qual será a surpresa para este ano?", diz a secretária Ana Vitória de Assis, de 52 anos. A operadora de caixa Kátia Pires de Almeida, de 36 anos, comemora a chegada da nova decoração. "É uma atração turística. Vem muita gente de longe para tirar foto perto da árvore."

Neste ano, a decoração da árvore também contará com elementos tecnológicos. Além de lâmpadas e flocos de neve, 12 bolas holográficas, de quase um metro de diâmetro, veicularão cenas de Natal com a família de ursos. Paulistanos e visitantes estão convidados a fazer selfies em três pontos estratégicos ao redor da árvore.

O projeto começou a ganhar corpo em abril. A inauguração será no próximo sábado, a partir das 21 horas, com a chegada do Papai Noel em uma caravana iluminada.

Trânsito

Desde o ano passado, para reduzir congestionamentos, o pinheiro é instalado no gramado do lago, em frente à estátua de Pedro Álvares Cabral - antes, ficava em uma praça na Avenida Pedro Álvares Cabral. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), da Prefeitura, vai monitorar o trânsito na região e pode fazer bloqueios durante apresentações nos fins de semana.

A instalação da árvore do Ibirapuera é custeada pela Coca-Cola. Os valores não foram divulgados. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade