Publicidade

Estado de Minas GERAL

Vereador é acusado de racismo contra colega no interior de MG


postado em 23/10/2018 18:36

O vereador de Bocaiúva (MG) Isaías Alves da Cruz (PSDC), de 42 anos, foi levado à delegacia e indiciado por ofensa racial após ser acusado de chamar outro vereador, Odair Evangelista dos Santos (PTdoB), de 35 anos, de "cara de macaco" na Câmara da cidade nesta segunda-feira, 22.

Os dois foram parar na delegacia de Montes Claros (MG), onde foi registrada ocorrência de injúria racial. Duas pessoas, sendo uma delas um vereador, também foram à polícia como testemunhas e confirmaram o ocorrido. Cruz acabou liberado para responder em liberdade após pagar fiança de R$ 2 mil.

Ele e o colega ofendido não quiseram falar com a imprensa, mas contaram em depoimento que a confusão começou ainda na Câmara com uma discussão política envolvendo verbas do município. Em sua versão, Santos alega que foi chamado de "cara de macaco" após dizer que o colega é mentiroso. Já Cruz garante que ele ouviu errado e que, na verdade, falou "cara de pau".

A Câmara Municipal de Bocaiúva informou que não haverá medida interna porque a discussão não teria relação com os trabalhos legislativos, sendo "um fato isolado entre os dois". A Polícia Civil tem 30 dias para finalizar o inquérito.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade