...
Publicidade

Estado de Minas GERAL

Chuva provoca 8 pontos de alagamento em SP; bombeiros recebem 108 chamados


postado em 17/10/2018 20:17

O Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) da Prefeitura de São Paulo registrou oito pontos de alagamento nas ruas da capital paulista após uma forte tempestade atingir a cidade na tarde desta quarta-feira, 17. Até as 19h40, seis deles ainda estavam intransitáveis, comprometendo o tráfego no horário de pico da tarde. O Corpo de Bombeiros recebeu ao menos 108 chamados para atendimentos decorrentes da tempestade.

Artérias importantes para o trânsito da zona leste registraram alagamentos, como as Avenidas Aricanduva (com enchente perto da Avenida Itaquera) e Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, que ficou alagada em dois pontos: na Praça Ruy Roxo e próximo à Rua Américo Vespucci. Na zona sul, os alagamentos foram na Avenida das Nações Unidas ­(Marginal do Pinheiros), na altura da Ponte Transamérica, e na Avenida Interlagos, na ligação com a Avenida das Nações Unidas.

Entretanto, às 19h, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) registrava congestionamento de 70 quilômetros nas vias da cidade, número considerado dentro da média para o horário.

A zona sul chegou a ficar em estado de alerta (quando, além de alagamentos, há risco do transbordamento de rios e córregos) em bairros como Cidade Ademar e Ipiranga.

Dos pedidos de socorro, o Corpo de Bombeiros informou ter recebido 50 chamados para atendimento de enchentes, além de 55 decorrentes de queda de árvores e três para deslizamentos de terra. Mas, segundo a sala de imprensa da corporação, não houve registro de vítimas até as 20 horas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade