Publicidade

Estado de Minas GERAL

Infraero licita em novembro edifício-garagem no Aeroporto de Congonhas


postado em 17/10/2018 15:26

A Infraero publicou nesta quarta-feira, 17, o edital de concessão de um edifício-garagem no Aeroporto de Congonhas (SP). A sessão pública em sistema eletrônico, com disputa de preços, está prevista para 9h do dia 5 de novembro.

A licitação é para a exploração comercial, por 20 anos, de um estacionamento com 2.550 vagas. Localizado em um lote de 13,2 mil m2, o edifício-garagem possui 61,1 mil m2, distribuídos em cinco pavimentos.

Além da atividade de estacionamento, a empresa ganhadora do certame poderá desenvolver também atividades correlatas e/ou complementares, como serviços de valet park e lavagem de veículos a seco. Além disso, a vencedora também poderá explorar atividades comerciais na Praça Comandante Linneu Gomes, como lanchonetes e escritórios.

A disputa se dará pelo valor mensal, sendo a oferta inicial de R$ 1,4 milhão. O porcentual a ser aplicado sobre o faturamento bruto mensal auferido na exploração comercial será de 38%, prevalecendo para pagamento mensal à Infraero o maior valor definido entre o preço mensal e o porcentual. O adicional de preço fixo estabelecido para a concessão é de R$ 100 milhões, a ser pago no 10º dia após a assinatura do contrato.

Em breve, a Infraero pretende abrir outra licitação, no Aeroporto de Montes Claros (MG). No terminal mineiro, a estatal quer conceder à iniciativa privada uma área para construção de um complexo logístico. A concessão do espaço, com 49,5 mil m2, será por um período de 25 anos, com previsão de investimentos por parte da empresa selecionada.

A licitação prevê a exploração comercial do complexo e a operação das atividades de armazenagem e movimentação de cargas, com preço mínimo mensal de R$ 20 mil e adicional de preço fixo de R$ 100 mil, a ser pago em parcela única, à vista, até o 10º dia útil a partir da assinatura do contrato.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade