Publicidade

Estado de Minas GERAL

PF mata cinco em tentativa de assalto a avião com dinheiro de banco

De acordo com a PF, no momento da aterrissagem, os assaltantes invadiram a pista do aeroporto e abordaram os vigilantes dos carros-fortes que transportariam o dinheiro


postado em 26/09/2018 14:44 / atualizado em 26/09/2018 15:24

Com eles, foram apreendidos seis fuzis e uma metralhadora .50, que estava instalada em um dos veículos utilizados(foto: Reprodução)
Com eles, foram apreendidos seis fuzis e uma metralhadora .50, que estava instalada em um dos veículos utilizados (foto: Reprodução)
A Polícia Federal afirmou ter impedido, nesta quarta-feira, 26, um assalto no Aeroporto de Salgueiro, Pernambuco, em que um grupo armado tentou roubar valores que estavam sendo transportados em um avião de empresa de segurança que iria abastecer um banco da cidade. Segundo a corporação, cinco foram mortos, um saiu ferido e outros quatro foram presos. Com eles, foram apreendidos seis fuzis e uma metralhadora .50, que estava instalada em um dos veículos utilizados.

De acordo com a PF, no "momento da aterrissagem, os assaltantes invadiram a pista do aeroporto e abordaram os vigilantes dos carros-fortes que transportariam o dinheiro. Eles também dispararam contra o avião, ferindo o piloto e obrigando-o a parar".

"Na abordagem houve intenso confronto entre os assaltantes e os policiais federais, resultando na morte de cinco envolvidos e no ferimento de um outro, que foi socorrido ao hospital local. Além desses, já foram presos mais quatro integrantes da quadrilha", diz a corporação, por meio de nota.

(foto: Reprodução)
(foto: Reprodução)
Segundo a PF, outro "veículo, com uma quantidade ignorada de assaltantes, conseguiu evadir-se do local". "Estão sendo realizadas buscas na região, com o apoio da Polícia Militar, para localização e prisão desses assaltantes".

"O piloto foi socorrido e, conforme informações do hospital, está em condições estáveis", afirma a PF.

A corporação dá conta de que essa "era a principal quadrilha especializada em assaltos a bancos e carros-fortes da região e já vinha sendo investigada pela Polícia Federal há mais de um ano". "Nenhum valor foi subtraído".

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade