Publicidade

Estado de Minas GERAL

Morre Sergio Mauad, ex-presidente do Secovi-SP


postado em 18/08/2018 15:39

Morreu na manhã deste sábado, 18, aos 79 anos, o engenheiro civil Sergio Mauad, ex-presidente do Sindicato da Habitação de São Paulo (Secovi-SP). Vítima de um AVC hemorrágico, ele deixa esposa, dois filhos e um neto.

Nascido em 1939, Mauad trabalhava no Secovi desde 1987, quando começou como diretor e continuou na função por seis anos seguidos. Ao deixar o cargo, passou a ser conselheiro do sindicato, cadeira que continuou ocupando até o dia da morte.

Graduado em Engenharia Civil pela Escola Politécnica da USP em 1965, Mauad era diretor da Federação do Comércio do Estado de São Paulo, a Fecomércio-SP, onde atuava desde 1980.

Entre as bandeiras do engenheiro estavam a defesa da livre iniciativa e do direito à propriedade. Com forte atuação no ambiente legislativo, contribuiu com a Assembleia Constituinte que resultou na Constituição de 1988, e na concepção de textos como a Lei do Inquilinato.

Idealizador do Ampliar, instituição que há 27 anos trabalha na formação e na profissionalização de jovens em situação de vulnerabilidade social, Mauad trabalhou ainda como conselheiro do Capítulo Brasileiro da Fiabci - Federação Internacional das Profissões Imobiliárias. Geria também uma empresa com as iniciais do seu nome, a SMDI - Consultoria e Desenvolvimento Imobiliário, focada na viabilização de negócios imobiliários.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade