Publicidade

Estado de Minas ÁCIDO NÍTRICO

Explosão em laboratório da UFRJ deixou aluna e funcionários feridos

A preocupação maior é com a estudante, que sofreu cortes no rosto, pescoço e mãos, além de queimaduras provocadas pelo ácido


postado em 15/08/2018 13:26 / atualizado em 15/08/2018 14:41

(foto: Reprodução/Facebook)
(foto: Reprodução/Facebook)

Uma explosão em um laboratório no prédio da Metalurgia da Coppe/UFRJ causou ferimentos em uma aluna e em dois funcionários da Universidade Federal do Rio de Janeiro, na Ilha do Fundão, na zona norte do Rio. O incidente aconteceu na manhã desta quarta-feira, 15. A explosão foi causada durante a manipulação de ácido nítrico.

"Foram três as vítimas: um funcionário, Nelson Aguiar, sem maior gravidade, com um corte na perna, e um segundo funcionário, Osvaldo Freire, que sofreu um corte profundo no pescoço, mas acredito eu também sem maiores consequências. A preocupação maior é com a aluna, Isabela Rocha, que sofreu cortes no rosto, no pescoço e nas mãos, acompanhados de queimaduras do ácido", relatou Ericksonn Almendra, diretor administrativo da Coppe, que coordenou o primeiro atendimento aos feridos.

Os três foram encaminhados ao Hospital do Fundão.

Almendra disse que as causas do acidente ainda estão sendo apuradas, mas deu indícios do que pode ter acontecido. "É um laboratório geral de metalurgia. O evento se deu na sala de polimento de amostras", explicou. "A sala não tem perigo algum, mas nós temos capelas (um dispositivo de segurança com uma espécie de coifa para manipular objetos que emitem gases) onde é feito polimento com ácido. Provavelmente o acidente se deu nesta região."

As aulas no bloco onde ocorreu a explosão foram canceladas. O local teve o acesso bloqueado. No início da tarde, bombeiros e funcionários da COPPE faziam vistorias no laboratório.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade