Publicidade

Estado de Minas

Mãe e filho são mortos em tiroteio na rodoviária de Brasília

Troca de tiros ocorreu às 15h, na Rodoviária do Entorno, ao lado da Rodoviária do Plano Piloto, próximo ao Museu Nacional. Outra filha da mulher ficou ferida e foi encaminhada ao hospital. O rapaz tinha 22 anos e deixa a mulher, grávida de 9 meses


postado em 04/07/2018 18:03 / atualizado em 04/07/2018 18:13

(foto: Breno Fortes/CB/D.A Press )
(foto: Breno Fortes/CB/D.A Press )

Um tiroteio deixou duas pessoas mortas na área central de Brasília em plena tarde desta quarta-feira (4/7). As vítimas eram mãe e filho e, segundo informações de pessoas que trabalham na região, atuavam como vendedores ambulantes. O crime aconteceu por volta das 15h, na Rodoviária do Entorno, localizada em frente ao Touring, ao lado da Rodoviária do Plano Piloto e perto do Museu Nacional da República.
Maria Celia Rodrigues dos Santos, que ainda não teve a idade confirmada, e o filho Wellington Rodrigues Santos da Silva, 22, não resistiram aos ferimentos e morreram no local. Kerolyn Ketlen Moreira, filha e irmã das vítimas, também foi atingida por um tiro e encaminhada ao hospital. Ainda não há informações sobre o estado de saúde dela.

Há indícios de que o tiroteio desta quarta-feira se trata de uma briga antiga entre os ambulantes. Um caso registrado como tentativa de roubo, que deixou três pessoas feridas na Rodoviária, pode, na verdade, ter relação com essa rixa. Na semana passada, em 25 de junho, a mulher do acusado teria ferido, com um golpe de faca, o filho da ambulante, Wellington. Desde então, o rapaz passou a andar armado com um facão, encontrado ao lado dele na cena do crime. A companheira dele está no nono mês de gestação e chegou à Rodoviária em desespero, gritando o nome de Wellington.
 
A Polícia Civil foi acionada para investigar o caso e fazer a perícia, mas ainda não pôde dar mais informações.

Quando os policiais e o Corpo de Bombeiros chegaram ao local, mãe e filho ainda respiravam. Ketlen estava sentada em um banco próximo ao local do crime. Os militares que atenderam a ocorrência afirmam que a principal suspeita é de que o crime tenha sido consequência de uma disputa por pontos de venda de mercadorias.
 
Continua depois da publicidade
Na semana passada, de acordo com a PM, a mulher do suspeito dos disparos discutiu com Maria Celia, a comerciante baleada. Testemunhas relataram, no entanto, que não houve discussão antes do tiroteio de hoje, o acusado teria chegado disparando. O carro usado por ele, um Doblò verde, ficou no local. A polícia tenta identificá-lo pela placa da veículo. Até a última atualização dessa reportagem, ele seguia foragido. Um das vítimas disse o nome do principal suspeito.
 


Rodoviária inaugurada em 2014


Com o nome oficial de Terminal Rodoviário Touring, a Rodoviária do Entorno foi inaugurada em 4 de junho de 2014 e entrou em operação quatro dias depois. Ao custo de R$ 11,6 milhões, para a construção de 20 boxes com adequação viária para coletivos e outros três, mais amplos, destinados a ônibus articulados, o terminal conta com banheiros, sala de administração, obras de acessibilidade e acessos para a entrada e saída dos ônibus que transportam passageiros entre as cidades goianas do Entorno e Brasília.

Entre a Rodoviária do Plano Piloto e o Complexo Cultural da República, a Rodoviária do Entorno fica no térreo do antigo Touring, por isso o nome oficial. A necessidade da reforma do prédio para receber coletivos veio com as obras da estação do Expresso DF Sul na Rodoviária do Plano Piloto, iniciadas em março de 2014, quando os passageiros das cidades do Entorno passaram a pegar os ônibus na plataforma superior do local.
 
As reclamações de falta de estrutura eram constantes e forçaram o GDF a construir um novo estacionamento para abrigar os 300 mil usuários. O terminal tem capacidade de receber mais de 600 coletivos por dia.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade