Publicidade

Estado de Minas

Prefeitura identifica funcionário que mandou pintar convento histórico e o demite


postado em 03/05/2018 12:06

São Paulo, 03 - A Prefeitura de São Paulo informou nesta quinta-feira, 3, que identificou o responsável pela pintura na fachada do Convento São Francisco, prédio histórico localizado no centro da cidade. Trata-se de um funcionário que solicitou o serviço "mesmo sem ordens superiores". Sem ter o nome divulgado, ele já foi desligado do cargo.

A fachada do Convento amanheceu pintada no dia 25 de abril. O monumento, construído na década de 1940, é tombado como patrimônio histórico e requer autorização para pintura ou qualquer intervenção.

O funcionário atuava como assessor técnico da Secretaria Municipal de Prefeituras Regionais, e "pediu indevidamente a pintura do local". Segundo a Prefeitura, a empresa que realizou o serviço será multada por agir sem ter recebido ordem devida. Além disso, o Departamento de Patrimônio Histórico orientará o processo de restauração.

A gerente jurídica responsável pelo Convento, Luana Giosa, disse que ainda não foi informada sobre o assunto e que aguardava a apuração do boletim de ocorrência feito em abril. Ela afirmou ainda que a Prefeitura terá de reconhecer o fato junto ao Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico (Condephaat) e ao Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo (Conpresp). "Espero que tomem as medidas necessárias", ressaltou.

A tinta foi passada por cima das janelas e portas de madeira e das placas de numeração. O Convento de São Francisco buscava os órgãos responsáveis pelo patrimônio histórico para identificar os autores da ação.

(Jéssica Otoboni)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade