Publicidade

Estado de Minas

Polícia prende prefeito do PSDB acusado de abusar de menina de 8 anos

Bariri tem 35 mil habitantes e fica a 300 quilômetros da capital paulista. A investigação é conduzida na Central de Polícia Judiciária, em Bauru, próxima ao município


postado em 21/04/2018 21:06 / atualizado em 22/04/2018 10:30

(foto: Divulgação/Câmara de Bariri)
(foto: Divulgação/Câmara de Bariri)
São Paulo - O prefeito em exercício de Bariri (SP), Paulo Henrique Barros de Araújo (PSDB), foi preso neste sábado, 21, sob acusação de violência sexual contra uma menina de 8 anos. As informações foram divulgadas pelo SPTV e confirmadas pela Agência Estado.

Segundo a Polícia Militar, ele raptou a vítima e se dirigiu a uma área de mata, onde seu carro ficou preso em um buraco. A menina deixou o carro à pé e pediu socorro. Quando os agentes chegaram, ele tentava se esconder no meio do mato.

Bariri tem 35 mil habitantes e fica a 300 quilômetros da capital paulista. A investigação é conduzida Central de Polícia Judiciária, em Bauru, próxima do município.

O tucano, que é presidente da Câmara Municipal, está no cargo como interino desde o início de 2017, quando o ex-prefeito e o vice da cidade foram barrados na Lei da Ficha Limpa após as eleições de 2016, em que se sagraram vencedores.

A reportagem não obteve retorno da defesa do prefeito e nem do partido. A Prefeitura também não se manifestou.

(Fausto Macedo e Luiz Vassallo)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade