Publicidade

Estado de Minas

Turista britânica é encontrada com vida após 5 dias desaparecida no RS


postado em 31/03/2018 09:36

Porto Alegre, 31 - Moradores de uma comunidade rural sustentável situada no município de Alpestre, na região norte do Rio Grande do Sul, localizaram no final da manhã da sexta-feira, 30, a turista inglesa Katherine Sarah Brewster, de 27 anos. A britânica havia desaparecido no último domingo, 25, quando saiu para caminhar na mata e fazer meditação, prática habitual da naturista.

De acordo com o delegado que investiga o caso, Ercílio Carletti, a turista está bem. "Katherine havia se isolado no meio do mato por decisão própria. Ela que pretendia ficar no acampamento improvisado durante três semanas para cumprir uma tal missão (talvez religiosa), pois ainda não está muito claro", explicou o policial.

Em depoimento à polícia gaúcha, a turista britânica afirmou que se abrigou durante estes cinco dias em uma cabana improvisada com folhas de bananeiras, em uma espécie de acampamento. "Ela se alimentava de frutos, raízes entre outros alimentos da própria natureza. Parecia que já estava acostumada e não apresentava nenhum sinal de desidratação", disse o delegado Carletti ao jornal O Estado de S. Paulo.

Policiais civis receberam o comunicado do desaparecimento da turista britânica na última terça-feira, 27, quando a partir de então se deram inícios as buscas. O registro foi feito por um casal que vive nas imediações da comunidade rural sustentável onde estava hospedada a inglesa há pouco mais de um mês.

Katherine Sarah Brewster, 27 anos, foi conduzida ao hospital da cidade, na tarde da sexta-feira, 30, para tratar de pequenos ferimentos, como cortes nos pés e arranhões. A turista passa bem e já entrou em contato com a família em Londres.

(Luciano Nagel, especial para a AE)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade