Publicidade

Estado de Minas

Jungmann: sanção do PL 44 muda apenas segurança jurídica nas operações de GLO


postado em 17/10/2017 11:43

O Projeto de Lei 44/2016, sancionado pelo presidente Michel Temer, não levará a mudanças na estratégia dos militares nas operações de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) no Rio de Janeiro. A afirmação foi dada pelo ministro da Defesa, Raul Jungmann, em conversa com jornalistas após participação em evento da Força Aérea Brasileira (FAB), em São Paulo.

"O que muda é a segurança jurídica para os militares em atividade militar. Apenas isso. No mais, não existe mudança dentro daquilo que vínhamos fazendo". O ministro ressaltou que o papel das Forças Armadas é de apoio e auxílio à polícia do Rio de Janeiro, e o atendimento, feito sob demanda, não inclui combate direto ao crime organizado.

Para Jungmann, medidas sociais serão decisivas para combater a violência no Estado. De acordo como ministro, o pacote social acabou atrasando por dificuldades orçamentárias, mas a expectativa é de que seja lançado nos próximos dias. O projeto trabalhará com a juventude, com a expansão do Programa Segundo Tempo - Forças no Esporte (Profesp).

Jungmann também afirmou que a comunicação entre as esferas estadual e federal nas operações na Rocinha tem andado "muito bem", após conflitos iniciais entre as diversas organizações em atuação. "Fizemos um ajuste de atitudes e comportamentos e isso hoje se encontra superado".

(Letícia Fucuchima)


Publicidade