UAI
Publicidade

Estado de Minas

53% dos paulistanos são contrários à redução da velocidade em SP


postado em 22/09/2015 12:19

São Paulo, 22 - dois meses após o início da redução de velocidade em todas as vias de São Paulo, a 9ª Pesquisa sobre Mobilidade Urbana feita pelo Ibope apontou que 53% dos paulistanos são contra a medida e 43%, a favor.

O coordenador da Secretaria Executiva da Rede Nossa São Paulo, Maurício Broinizi, disse que os números surpreenderam. "Esperava uma rejeição muito maior. Imaginava que bateria em 70% de rejeição. (O assunto) teve uma repercussão muito mais negativa do que positiva", afirmou.

Segundo a diretora executiva do Ibope, Márcia Cavallari, que apresentou os números no SESC Consolação na manhã desta terça-feira, 22, o perfil dos contrários à redução da velocidade é de pessoas com maior renda, moradores da região oeste da capital e usuários do carro todos os dias. A favorabilidade à medida predomina entre moradores das regiões central e norte.

Além disso, lembra Broinizi, o levantamento foi realizado antes da divulgação de dados da Companhia de Engenharia do Tráfego (CET), que apontou queda de 36% no número de acidentes com vítimas nas Marginais do Tietê e Pinheiros, conforme antecipado pela reportagem.

Entre os motoristas que utilizam o carro diariamente, a rejeição é ainda maior: 66% se declararam contrários, de acordo com dados da pesquisa sobre mobilidade urbana. Entre quem ganha mais de cinco salários mínimos, 64% discordam do programa implementado pela Prefeitura.

A pesquisa foi encomendada pela Rede Nossa São Paulo em parceria com a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP). Foram entrevistados 700 moradores da capital, acima de 16 anos, entre os dias 28 de agosto e 5 de setembro.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade