Publicidade

Estado de Minas

Licitação para corredores está suspensa


postado em 20/06/2015 09:37

São Paulo, 20 - A Prefeitura de São Paulo suspendeu a licitação que havia lançado para executar as obras de 44,4 quilômetros de corredores de ônibus nas zonas sul e leste da cidade, entre eles um trecho da Radial Leste.

A reabertura do processo ainda não tem data. O argumento da gestão Fernando Haddad (PT) para interromper o processo foi a grande quantidade de "questionamentos de natureza técnica feitos pelos interessados", segundo nota oficial. Como a licitação tinha data marcada para o dia 30, a avaliação foi que não haveria tempo de responder a todos. Entretanto, o comunicado sobre a suspensão, publicado anteontem no Diário Oficial, cita a necessidade de a Prefeitura se manifestar sobre um relatório da Subsecretaria de Fiscalização e Controle do Tribunal de Contas do Município (TCM).

As obras são para o trecho três do Corredor Radial Leste e para trechos dos corredores Perimetral Itaim Paulista/São Mateus, na zona leste, e Perimetral Bandeirantes / Salim Farah Maluf, nas zonas sul e leste. A licitação incluía ainda a construção de mais um terminal de ônibus, na zona leste. Seriam corredores para ônibus BRTs. As obras usariam recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Verba

Ontem, após queixas públicas sobre demora para liberação de recursos do PAC, Haddad preferiu blindar o ministro das Cidades e ex-prefeito da capital, Gilberto Kassab (PSD) quando este foi questionado sobre o tema. "Deixa eu responder", disse o prefeito, antes de dizer que a Caixa Econômica Federal já havia liberado recursos prometidos. Prefeitura e Ministério devem definir, entretanto, um novo cronograma de obras em uma reunião marcada para terça-feira. As informações são do jornal

O Estado de S. Paulo.


Publicidade