Publicidade

Estado de Minas

Assassino do cartunista Glauco é preso em Goiás suspeito de novo crime

Estudante Carlos Eduardo Sundfeld Nunes estava solto desde 2013. Ele foi diagnosticado como doente mental


postado em 01/09/2014 16:19 / atualizado em 01/09/2014 19:40

Estudante Carlos Eduardo Sundfeld Nunes, de 24 anos, foi preso em 2010(foto: Christiani/Rizzi)
Estudante Carlos Eduardo Sundfeld Nunes, de 24 anos, foi preso em 2010 (foto: Christiani/Rizzi)
Foi preso nesta segunda-feira, em Goiânia, Carlos Eduardo Sundfeld Nunes, de 29 anos, chamado de Cadu, acusado em 2010 pelo assassinato do cartunista Glauco Vilas Boas e do filho dele, Raoni Vilas Boas.

O rapaz estava com um outro homem e tentava fugir de uma abordagem policial feita por um delegado que suspeitou do carro, um Honda Civic, roubado.

Os dois são suspeitos de cometerem um latrocínio, que é roubo seguido de morte, e ainda uma tentativa de latrocínio em Goiânia, ocorridos no fim de semana.

Carlos Eduardo estava solto desde agosto de 2013, quando a Justiça de Goiás decidiu por dar alta ao infrator, diagnosticado como doente mental.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade