Publicidade

Estado de Minas

Motoristas e cobradores retomam o trabalho em São Luís


postado em 03/06/2014 20:37

São Luís, 03 - Depois que a greve dos motoristas e cobradores de ônibus de São Luís foi considerada ilegal pela Justiça do Trabalho do Maranhão, os empresários começaram a fazer contratações temporárias e os rodoviários voltaram atrás e decidiram acatar a ordem judicial de circular com 70% da frota de coletivos.

A decisão foi tomada em uma assembleia da categoria na tarde desta terça-feira, 03. Com isso, a partir de amanhã deverão voltar a circular cerca 570 dos coletivos que servem a cidade.

Além da decisão dos rodoviários, a atuação do Ministério Público Estadual e a conversa de empresários e trabalhadores, mediada pelo próprio prefeito Edivaldo Holanda Júnior, foram decisivas para o desfecho desta terça-feira.

Enquanto o prefeito da capital maranhense prometeu encontrar uma solução negociada para reajustar os salários da categoria, o MPE entrou com uma ação, assinada por quatro promotores, na Justiça Estadual pedindo o cumprimento do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado pela prefeitura em 2013, que determina a abertura de licitação para novas linhas de ônibus.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade