Publicidade

Estado de Minas

Acusada de matar a mãe teria concretado corpo sob a pia


postado em 21/02/2014 10:49 / atualizado em 21/02/2014 11:15

A Justiça do Rio decretou a prisão temporária por 30 dias de Samile Pinto da Fonseca, de 39 anos, acusada de matar a própria mãe e concretar o corpo da vítima embaixo da pia da cozinha da residência onde moravam, na rua Francisca Xavier, em Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio.

A Justiça também expediu ordem de prisão do namorado de Samile, Fábio de Oliveira Furtado, de 18 anos. Os dois permanecem foragidos. O desaparecimento de Sônia Maria Pinto da Fonseca, de 62 anos, foi denunciado à polícia por vizinhos da família. O cadáver foi localizado na última quarta-feira, 21. Conhecida na região como Vovó Conga, a vítima era mãe de santo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade