Publicidade

Estado de Minas

Vestibular da Unicamp teve recorde de inscritos


postado em 10/11/2013 18:13 / atualizado em 10/11/2013 17:35

Com recorde de número de inscritos - 73,8 mil estudantes -, a prova da Unicamp mobilizou milhares de estudantes em Campinas neste domingo, 10, com expectativa de passar na primeira fase do vestibular, com 48 questões múltipla-escolha de Conhecimentos Gerais (baseadas nos conteúdos de diversas áreas do conhecimento desenvolvidos no ensino médio) e duas propostas de redação. Quem fez a prova no campus I da PUC-Campinas foi recepcionado com uma banda escocesa.

No entorno da faculdade, foram montadas tendas pelos cursinhos pré-vestibular, que distribuíram canetas e apostilas. A estudante Camila Boccato, de 19 anos, acreditava que a redação seria mais difícil que as questões. "São muitos gêneros: pode ser carta, dissertação. É mais complicado aprender todos os estilos", afirmou. Camila está no segundo ano do cursinho pré-vestibular e presta a prova para Medicina, o curso mais concorrido de Unicamp. O tema da redação é revelado no início da prova.

Para Samuel de Oliveira, de 18 anos, a redação seria uma "surpresa", como ocorreu na prova do Enem, que usou o tema da lei seca. A expectativa dos estudantes era que o tema fosse um assunto polêmico e reportado durante o ano em jornais, como o programa federal "Mais Médicos" e as manifestações de junho. A prova da Unicamp seria aplicada em 18 cidades do País, e começava às 13h. Esse ano, o vestibular teve número recorde de inscritos, com 73,8 mil candidatos para 3.460 vagas em 69 cursos da Universidade e dois cursos da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (Famerp).


Publicidade