Publicidade

Estado de Minas

Programação artística no Campus Fidei mostrará o que jovens pensam sobre futuro, conta diretor


postado em 21/07/2013 18:40

O que pensa a juventude sobre o futuro? A pergunta feita a 400 jovens de comunidades do Rio por ocasião da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que terá parte da programação no Campus Fidei, em Guaratiba, zona oeste do Rio. Os depoimentos foram gravados e serão transmitidos durante a vigília que começa às 10h, no sábado (27) até a manhã de domingo (28), antes da missa que o papa Francisco vai celebrar no local. Os depoimentos poderão ser vistos a distância, porque serão exibidos em totens com lâmpadas de LED espalhados próximo ao altar, onde ficará o pontífice. "São os jovens ali falando. Eles falam como vai ser o futuro, sobre o que pensam e esperam do futuro", contou o diretor artístico da programação do Campus Fidei, Edson Erdmann.

Às 10h30 de sábado, começam os 13 shows que terão 50 atrações nacionais e internacionais, incluindo, segundo o diretor, 700 artistas. No mesmo dia, às 12h, está previsto o início dos shows do Futuro, que terminam à meia-noite. "São 12 horas de shows. O Show do Futuro Brasil será com artistas brasileiros. Depois tem o Duos, que são artistas cantando em duplas para mostrar a união. Tem ainda o Show do Futuro Stars, que terá grandes nomes como os dos padres cantores. O padre Fábio Melo estará lá. Depois tem o artista Tony Melendez, um artista mexicano que não tem os braços, mas toca violão e já se apresentou para o papa João Paulo II", disse Erdmann.

Às 17h30,quando o papa chegar para uma visita ao Campus Fidei, haverá uma parada na programação. Depois da saída do pontífice, recomeçam as atrações. Edson Erdmann disse que serão feitos alguns ensaios do flash mob que será apresentado ao papa antes da missa do dia seguinte e que promete ter recorde no número de integrantes. "Não sei quantas pessoas estarão lá. Um milhão, 1,5 milhão, 2 milhões. Não tenho a menor ideia, mas com certeza nós vamos fazer uma coisa muito legal. Tenho certeza de que o papa vai ficar emocionado com a apresentação que os jovens estão preparando para ele", comentou o diretor. Ele explicou que não é possível calcular quantas pessoas vão participar porque a coreografia e a música podem ser aprendidas por meio de um vídeo publicado na internet, e a adesão é livre.

Os shows de sábado serão retomados com o musical Streetlight do grupo italiano Gen Rosso, criado em 1966 para transmitir mensagens de paz e fraternidade universal. O diretor informou que o grupo vai se apresentar com 200 jovens brasileiros em tratamento de dependência química. "O grupo italiano tem um projeto social no mundo inteiro e ensaiou um musical especialmente para a JMJ", contou.

Haverá ainda o Show do Futuro Mundo, com vários artistas internacionais e a apresentação do cantor e compositor da Costa Rica Martin Valverde. Ele é ligado ao movimento carismático da Igreja Católica.

Perto da meia-noite, a programação vai buscar o relaxamento de quem estiver no Campus Fidei para preparar quem quiser descansar e dormir até o recomeço da programação, às 7h de domingo. "Nesse momento haverá orações e serão entoados cantos gregorianos para que as pessoas que estiverem no Campus possam se preparar para dormir", disse o diretor.

Já no domingo, está previsto um show com padres cantores às 8h30. O papa deve chegar de helicóptero por volta das 9h. De papamóvel, passará entre os jovens. Quarenta minutos depois deixa o veículo e vai para o palco assistir ao flash mob. Após a apresentação, vai se preparar para a missa marcada para as 10h. Acompanharão a missa uma orquestra formada por 200 músicos e um coral de 100 vozes.

Depois da missa e de o papa deixar o Campus Fidei, vão ocorrer outros shows para entreter e facilitar a dispersão dos participantes da jornada que estiverem no local. Para o diretor, cuidar da programação do encontro é um momento especial. "O papa vai passar uma semana inteira no Brasil, uma coisa que os outros papas nunca fizeram", destacou.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade