Publicidade

Estado de Minas

Aeroporto de Congonhas opera normalmente


postado em 11/08/2012 13:01

O Aeroporto de Congonhas opera normalmente nesta manhã de sábado, de acordo com a Infraero. Apenas dois voos estavam atrasados e um cancelado às 11 horas, de 73 viagens previstas para o dia.

Na sexta-feira, um policial militar com problemas psiquiátricos subiu em uma torre de sinalização e interrompeu os voos por 1h30. O incidente causou transtornos dentro e fora do aeroporto e só foi resolvido após o PM, que não teve a identidade revelada ser resgatado pelos bombeiros. O Corredor norte-sul - Avenidas 23 de Maio, Rubem Berta e Washington Luís - foi bloqueado e liberado apenas às 19h17, gerando congestionamento.

Um esquema de desvios de tráfego chegou a ser montado, no sentido centro pela Avenida dos Bandeirantes, e no sentido bairro pela Avenida Moreira Guimarães, Rua Miruna e Alameda dos Maracatins, mas o trânsito ficou 15% acima da média.

No aeroporto, o movimento de aterrissagem foi suspenso às 17h37 e só foi liberado às 19 horas. De acordo com a Infraero, 11 voos foram desviados para os Aeroportos de Cumbica, em Guarulhos, Viracopos, em Campinas, e Santos Dumont e Galeão, no Rio.

A torre onde o PM subiu mantém as luzes que são usadas à noite e nos dias de chuva para ajudar na orientação dos pilotos. O movimento de decolagem, que nesta sexta estava sendo feito na cabeceira oposta da pista, não foi afetado. Apenas sete voos (3 8%) foram cancelados.

O homem, lotado no 46.º Batalhão, no Ipiranga, zona sul, é casado e pai de três filhos, informou a Polícia Militar. Ele foi levado para um hospital após o incidente e prestará depoimento neste sábado na delegacia do aeroporto.

Trânsito

Quem segue para o aeroporto na manhã deste sábado enfrente 2,9 km de congestionamento no Corredor Norte-sul, entre a Rua Miruna e a Avenida João Jorge Saad.


Publicidade