Publicidade

Estado de Minas

Sequestro no Rio de Janeiro termina com quatro pessoas baleadas

Um policial, dois passageiros e um homem que passava pelo local teriam se ferido durante a troca de tiros entre bandidos e a PM


postado em 09/08/2011 22:12 / atualizado em 09/08/2011 22:53

(foto: Marcelo Carnaval / Agência O Globo )
(foto: Marcelo Carnaval / Agência O Globo )

Terminou por volta das 21h30 desta terça-feira o sequestro de um ônibus com passageiros na Avenida Presidente Vargas, no Centro do Rio de Janeiro. A informação da Secretaria de Segurança Pública foi confirmada pelo Coronel Mário Sérgio Duarte, que disse em entrevista coletiva que dois bandidos foram presos e dois passageiros baleados durante a operação. Uma das vítimas estaria internada em estado grave no Hospital Souza Aguiar.

O ônibus, que pertence à viação Jurema, seguia da Praça XV para Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, quando foi sequestrado, por volta das 19h50. Antes de ser obrigado a abandonar a direção, o motorista teria conseguido avisar policiais em uma viatura, que acionaram reforço e fizeram o cerco ao veículo. Depois de três tentativas, a polícia conseguiu parar o ônibus e começou a troca de tiros. Neste momento, um policial e um homem que passava pelo local, além de dois passageiros, teriam se ferido e um dos criminosos aproveitado para fugir do local.

Quando os tiros cessaram, os policiais iniciaram uma negociação com os bandidos para libertar as 13 pessoas que estavam no veículo. Os vidros escuros do ônibus dificultaram a ação da polícia, que não conseguia visualizar quantas pessoas ainda estavam no carro. Ao longo de uma hora de conversa, os bandidos liberaram todos os reféns e se entregaram. Um deles estava com granada. Até o momento, o terceiro sequestrador ainda não foi localizado.

Com Agência Estado

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade