Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

Coronavírus: OMS registra alta recorde de infecções diárias; veja onde casos estão subindo mais

Com alta puxada por Índia, EUA e Brasil, mundo registra 308 mil casos novos em 24 horas


14/09/2020 09:12 - atualizado 14/09/2020 09:58


Índia, EUA e Brasil puxam alta recorde de casos pelo mundo na pandemia, com 308 novas infecções em 24h(foto: Getty Images)
Índia, EUA e Brasil puxam alta recorde de casos pelo mundo na pandemia, com 308 novas infecções em 24h (foto: Getty Images)

A Organização Mundial da Saúde (OMS) registrou no domingo (13/9) um novo recorde do aumento de infecções de covid-19, com 308 mil notificações nas últimas 24 horas. O recorde anterior havia ocorrido em 6/9, com 307 mil novos casos.

Segundo o órgão, cerca de 5.500 pessoas morreram nas últimas 24 horas, e a cifra total de mortes na pandemia chegou a 917 mil vítimas.

Os maiores aumentos foram registrados na Índia, nos Estados Unidos e no Brasil.

Mais de 28 milhões de casos, de acordo com a OMS, já foram confirmados no mundo, metade deles nas Américas.

Em que países os casos avançam mais?

Segundo a OMS, a Índia registrou 94.372 novos casos de covid-19 no domingo (13/9), seguido dos EUA (45.523) e do Brasil (43.718).

Mais de mil pessoas morreram nos dois primeiros países, e outras 874 no Brasil.

O Brasil tem o terceiro maior número de casos confirmados no mundo, atrás dos Estados Unidos e Índia.

A Índia registrou em agosto sua maior alta de casos desde o início da pandemia, com mais de 2 milhões de casos. O país teve naquele mês uma média de 64 mil novos casos por dia, alta de 84% em relação a julho. O número de mortes passou de mil desde o início de setembro.

O Brasil, que ultrapassou os 4,3 milhões de casos da doença, tem registrado queda do número de novas infecções diárias desde 5/9. No espaço de uma semana, a média passou de 41 mil casos em 24 horas para 27 mil, a menor cifra desde meados de junho.

Mais de 131 mil pessoas morreram de covid-19 no Brasil, que lidera este segmento na América Latina. O número médio de mortes diárias também tem caído, de 852 em 5/9 para 715.

Líder global em número de casos e mortes, os Estados Unidos registraram mais de 6 milhões de infecções até o momento. Houve um aumento de casos em julho, mas os números têm caído desde então. Mais de 194 mil pessoas morreram em território americano na pandemia em decorrência da covid-19.

Como está a situação em outras regiões do planeta?

Países ao redor da Europa têm registrado aumento do número de casos em meio ao temor de um ressurgimento do vírus.

Governos voltaram a adotar quarentenas nas regiões mais afetadas e reforçaram as recomendações para que a população utilize máscara e pratique o distanciamento físico de outras pessoas.


Na Austrália, Melbourne enfrenta aumento nos casos de covid-19(foto: Reuters)
Na Austrália, Melbourne enfrenta aumento nos casos de covid-19 (foto: Reuters)

Países de outras regiões também têm enfrentado o avanço do vírus, como Peru, Israel, Coreia do Sul e Austrália.

Em 13/9, a polícia do Estado australiano de Victoria prendeu mais de 70 manifestantes contrários às determinações para não sair de casa. Cerca de 250 pessoas foram a um protesto em Melbourne organizado em grupos e páginas de redes sociais que promovem teorias conspiratórias sobre a pandemia.

Victoria se tornou o epicentro do surto na Austrália, com 75% dos casos e 90% das mortes do país.

A vizinha Nova Zelândia, por outro lado, se prepara para suspender restrições adotadas para conter o avanço da doença. O país tem sido bem-sucedido em seu combate, mas acabou adotando medidas de controle após um aumento de casos na cidade de Auckland.

Com casos crescentes, Israel decidiu adotar novamente uma quarentena no país inteiro. A medida restritiva deve durar mais três semanas. Foram registrados mais de 153 mil casos e 1,1 mil mortes em Israel por causa da covid-19.

A tabela a seguir pode ser reordenada segundo o número de mortes, taxa de mortalidade e total de casos.




(foto: BBC)
(foto: BBC)

(foto: BBC)
(foto: BBC)

  • Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O que é o coronavírus

Coronavírus são uma grande família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (COVID-19) foi descoberto em dezembro de 2019, na China. A doença pode causar infecções com sintomas inicialmente semelhantes aos resfriados ou gripes leves, mas com risco de se agravarem, podendo resultar em morte.

Vídeo: Por que você não deve espalhar tudo que recebe no Whatsapp

Como a COVID-19 é transmitida? 

A transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão, contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Vídeo: Pessoas sem sintomas transmitem o coronavírus?


Como se prevenir?

A recomendação é evitar aglomerações, ficar longe de quem apresenta sintomas de infecção respiratória, lavar as mãos com frequência, tossir com o antebraço em frente à boca e frequentemente fazer o uso de água e sabão para lavar as mãos ou álcool em gel após ter contato com superfícies e pessoas. Em casa, tome cuidados extras contra a COVID-19.

Quais os sintomas do coronavírus?

Confira os principais sintomas das pessoas infectadas pela COVID-19:

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar e dificuldade para respirar
  • Problemas gástricos
  • Diarreia

Em casos graves, as vítimas apresentam:

  • Pneumonia
  • Síndrome respiratória aguda severa
  • Insuficiência renal
Os tipos de sintomas para COVID-19 aumentam a cada semana conforme os pesquisadores avançam na identificação do comportamento do vírus. 

Vídeo explica por que você deve 'aprender a tossir'


Mitos e verdades sobre o vírus

Nas redes sociais, a propagação da COVID-19 espalhou também boatos sobre como o vírus Sars-CoV-2 é transmitido. E outras dúvidas foram surgindo: O álcool em gel é capaz de matar o vírus? O coronavírus é letal em um nível preocupante? Uma pessoa infectada pode contaminar várias outras? A epidemia vai matar milhares de brasileiros, pois o SUS não teria condições de atender a todos? Fizemos uma reportagem com um médico especialista em infectologia e ele explica todos os mitos e verdades sobre o coronavírus.

Coronavírus e atividades ao ar livre: vídeo mostra o que diz a ciência

Para saber mais sobre o coronavírus, leia também:

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade