UAI
Publicidade

Estado de Minas WASHINGTON

EUA pede à Rússia liberação rápida dos grãos ucranianos


22/07/2022 16:00

Os Estados Unidos pediram à Rússia, nesta sexta-feira (22), que permita uma saída rápida dos grãos ucranianos bloqueados pela guerra, após o acordo assinado por Kiev e por Moscou na Turquia.

"Esperamos que a implementação do acordo de hoje comece rapidamente para evitar que os mais vulneráveis do mundo caiam em uma maior insegurança (alimentar) e desnutrição", disse o porta-voz da Casa Branca, John Kirby, à imprensa.

"Temos a esperança" de que este acordo tenha efeito, afirmou Kirby, ressaltando que "temos que permanecer atentos" para que seja cumprido.

Falando no Fórum de Segurança de Aspen, nessa localidade turística do estado do Colorado (centro dos Estados Unidos), a subsecretária de Estado americana para Assuntos Políticos, Victoria Nuland, elogiou, por sua vez, o nível de detalhamento do acordo negociado com Moscou pela Turquia e pelo secretário-geral da ONU, António Guterres.

"Agora cabe à Rússia implementar o acordo. Mas está muito bem estruturado em termos de monitoramento e em termos de canais, pelos quais o grão deve passar", disse ela.

Para Nuland, a Rússia se viu obrigada a agir depois que o bloqueio provocado pela invasão da Ucrânia fez os preços dos alimentos dispararem.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade