UAI
Publicidade

Estado de Minas NOVA YORK

Resultados do Twitter decepcionam no segundo trimestre


22/07/2022 11:29

O Twitter teve resultados no segundo trimestre bem abaixo das expectativas, uma decepção que atribuiu a "ventos contrários", em particular a incerteza em torno de sua possível aquisição por Elon Musk.

O grupo, que processou Musk para cumprir o seu compromisso de compra num julgamento que terá início em outubro, viu o seu volume de negócios cair em um ano (-1%), segundo um comunicado de imprensa publicado nesta sexta-feira (22).

Esta queda é atribuída a "ventos contrários" no setor publicitário, medos que pesam sobre o ambiente econômico, mas também "incerteza relacionada com a aquisição em curso do Twitter" por Elon Musk.

O número de usuários ativos diários chamados de "monetizáveis", ou seja, que podem estar expostos à publicidade na plataforma, aumentou em 8,8 milhões - menos do que o esperado pelos analistas - para alcançar 237,8 milhões.

Em um ambiente de aperto nas condições de crédito e de desaceleração econômica progressiva, as empresas cujo modelo é totalmente baseado em publicidade sofrem com a redução dos orçamentos publicitários.

Na quinta-feira, por exemplo, Snap registrou uma perda maior do que o esperado e um volume de negócios abaixo do esperado, o que lhe valeu uma perda de mais de 30% nesta sexta-feira nas negociações antes da abertura das operações na bolsa.

Após a desistência de Musk da compra do Twitter no início de julho, a plataforma optou pela via judicial, onde os executivos da rede pretendem forçar o magnata a adquirir o Twitter como havia anunciado.

Na terça-feira, uma juíza de um tribunal especializado em Delaware (nordeste dos Estados Unidos) ordenou um julgamento curto por cinco dias em outubro.

A magistrada concordou com o pedido do Twitter de um procedimento acelerado para limitar os prejuízos dessa saga sobre o grupo, e rejeitou, por outro lado, os argumentos dos advogados de Musk, que desejavam que as audiências começassem apenas em 2023.

Musk acusou os executivos do Twitter de mentir sobre a proporção de contas automatizadas e spam na plataforma e não fornecer a ele informações suficientes para verificar seus dados.

O grupo contestou essas alegações e acusou Musk de usá-las para criar uma distração no mercado.

Twitter


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade