UAI
Publicidade

Estado de Minas ERBIL

Oito civis mortos no Iraque por disparos de artilharia atribuídos à Turquia


20/07/2022 12:06

Oito civis, entre eles mulheres e crianças, morreram e 23 ficaram feridos nesta quarta-feira (20) no norte do Iraque por disparos de artilharia atribuídos à Turquia, que atingiram um parque na região do Curdistão, segundo um novo balanço das autoridades locais.

As vítimas eram em sua maioria "turistas árabes iraquianos do centro e do sul do país", que geralmente fogem das altas temperaturas para encontrar um pouco de frescor nas alturas do Curdistão autônomo, disse Muchir Bachir à AFP, chefe do distrito de Zakho, onde o parque está localizado.

Bachir, entrevistado pela televisão local, assegurou que "o fogo da artilharia turca contra a zona turística de Parakh causou oito mortos e 23 feridos".

Os mortos são três mulheres, duas crianças e três homens, disse Amir Ali, chefe das autoridades médicas de Zakho.

A princípio, um funcionário do governo regional do Curdistão iraquiano havia mencionado "pelo menos cinco civis mortos e vários feridos em ataques turcos, que afetaram um setor turístico em Zakho".

Uma fonte do Ministério da Defesa turco disse à AFP que não tem "nenhuma informação que explique ou confirme o fogo de artilharia nesta área".

A Turquia, que de fato instalou várias dezenas de bases militares há 25 anos no Curdistão iraquiano, lançou uma nova operação militar contra os rebeldes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) no norte do Iraque em meados de abril.

Erbil, capital do Curdistão iraquiano, tem relações complicadas com o PKK, já que sua presença na região dificulta suas vitais relações comerciais com a Turquia.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade