UAI
Publicidade

Estado de Minas MOSCOU

Rússia afirma que Gazprom cumprirá obrigações


19/07/2022 20:10

O presidente russo, Vladimir Putin, afirmou nesta terça-feira que a empresa Gazprom "cumprirá plenamente" suas obrigações, em um contexto de redução das entregas de gás à Europa após as sanções das potencias ocidentais.

"A Gazprom cumpriu, segue cumprindo e cumprirá plenamente suas obrigações, se alguém precisar", garantiu Putin em Teerã, após um encontro com os líderes de Irã e Turquia.

Desde que Putin enviou tropas para a Ucrânia, em 24 de fevereiro, e o Ocidente respondeu com sanções contra Moscou, a Rússia reduziu suas entregas de gás, para impedir o fornecimento aos países da União Europeia (UE), o que levou a Comissão Europeia a preparar um "plano de redução da demanda de gás", a fim de enfrentar o próximo inverno.

Em Teerã, Putin criticou o Ocidente por buscar reduzir sua dependência dos combustíveis fósseis em favor da energia verde. "Eles são grandes especialistas em relações não tradicionais e em energia, também decidiram depender de energias não tradicionais, sol e vento", disse. "Eles mesmos estão fechando tudo, depois buscam alguém para culpar. Seria cômico, se não fosse tão triste."

Putin também pediu às potências ocidentais que suspendam as restrições às exportações de grãos da Rússia. "Iremos facilitar a exportação de grãos da Ucrânia, mas partimos do fato de que todas as restrições aos embarques aéreos para a exportação de grãos russos serão levantadas", ressaltou.

GAZPROM


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade