UAI
Publicidade

Estado de Minas NAÇÕES UNIDAS

Conselho de Segurança da ONU pede fim de transferência de armas para gangues haitianas


15/07/2022 19:36

O Conselho de Segurança da ONU aprovou por unanimidade, nesta sexta-feira (15), uma resolução promovida por Estados Unidos e México que pede aos Estados membros que proíbam a transferência de armas leves para gangues criminosas no Haiti, sem decidir sobre um embargo total como exigia a China.

O texto "pede aos Estados membros que proíbam a transferência de armas pequenas e leves e munições a atores não estatais que participem ou apoiem a violência de gangues, atividades criminosas ou violações de direitos humanos no Haiti".

Também estabelece que o Conselho de Segurança da ONU pode adotar sanções individuais (como congelamento de bens e proibição de viagens) contra líderes de gangues dentro de 90 dias da adoção da resolução.

Em um momento em que o Haiti continua pressionado para iniciar um processo político que levará sem demora às eleições presidenciais e legislativas, uma menção da resolução promovida por Pequim pedia ao chefe da ONU que estude com os países latino-americanos o envio de uma força polícia regional para apoiar as forças de segurança haitianas, mas isso não aparece no texto aprovado.

A resolução se limita a pedir ao secretário-geral da ONU, António Guterres, que estude com os países da região "as opções possíveis" para fortalecer a segurança no Haiti, com relatório a ser apresentado em 15 de outubro. Além disso, "exige o fim imediato da violência das gangues e da atividade criminosa".

Pelo menos 89 pessoas foram mortas em uma semana em confrontos de gangues na capital Porto Príncipe, onde os preços sobem e a escassez de combustível piora, ameaçando a ajuda humanitária crucial para os moradores.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade