UAI
Publicidade

Estado de Minas JIDÁ

Força de paz internacional deixará a estratégica ilha de Tiran, no Mar Vermelho


15/07/2022 18:46

Uma força internacional de paz, instalada há 40 anos em Tiran, uma ilhota estratégica no Mar Vermelho entre Egito, Israel e Arábia Saudita, deixará aquele território "até o final do ano", anunciou a Casa Branca em comunicado nesta sexta-feira (15).

"Forças internacionais de manutenção da paz, incluindo tropas americanas, deixarão a ilha de Tiran", confirmou à imprensa o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, em visita à Arábia Saudita.

A ilha de Tiran e sua vizinha Sanafir, árida e desabitada, são fonte de conflito há décadas devido à sua localização estratégica na entrada do Golfo de Aqaba, onde está localizado o único acesso ao mar da Jordânia, e o porto israelense de Eilat.

Durante a Guerra dos Seis Dias, Israel ocupou a Península do Sinai e as ilhas de Tiran e Sanafir, territórios de soberania egípcia.

Nos acordos de paz de Camp David, em 1979, as ilhas foram devolvidas ao Egito, que no entanto não conseguiu estabelecer tropas sobre elas.

Portanto, um destacamento internacional de paz foi instalado nas ilhas.

Em 2016, o Egito cedeu as ilhas para a Arábia Saudita, que quer desenvolvê-las para o turismo, já que estão localizadas muito perto da cidade costeira de Sharm El-Sheikh.

Mas o acordo exige a aprovação de Israel, com o qual a Arábia Saudita não tem relações oficiais.

Este item estará na agenda do encontro deste sábado em Jedá dos líderes árabes com o presidente Biden.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade