UAI
Publicidade

Estado de Minas BAGDÁ

Iraque tem oração em massa por apoiadores do líder xiita contra estagnação política


15/07/2022 12:07

Em Bagdá, nesta sexta-feira (15), centenas de milhares de seguidores do líder xiita Moqtada Sadr se mobilizaram para uma oração coletiva, com o objetivo de pressionar seus oponentes e acelerar a formação de um governo.

Desde as eleições legislativas em outubro de 2021, 42 milhões de iraquianos fartos da crise econômica e social aguardam para saber quem será o primeiro-ministro.

Após a queda de Sadam Hussein durante invasão feita pelos Estados Unidos em 2003, um distrito da capital foi batizado de Sadr, em homenagem ao pai do clérigo, Mohamad Sadr, assassinado durante a ditadura.

Além da sua autoridade religiosa, Sadr tem uma significativa influência política no Iraque. Seu bloco parlamentar acrescentou 73 cadeiras nas eleições, em outubro de 2021, e é o maior grupo no Congresso.

Mas, desde a eleição, as negociações para formação do governo foram interrompidas e o país permanece atolado em uma crise política.

As orações dessa sexta são organizadas em homenagem ao líder religioso, assassinado em 1999.

No calor escaldante, uma multidão se reuniu na avenida Al Falah sob uma forte presença policial, segundo um jornalista da AFP. Os fiéis carregavam suas tapeçarias para rezar enquanto agitavam bandeiras iraquianas com a outra mão.

"Obedecemos a Moqtada Sadr, assim como obedecemos a Deus e o profeta", disse o xeque Kadhim Hafez Mohamed al Ta à AFP, segundo um sermão escrito por Moqtada Sadr.

A crise política foi aguçada no dia 12 de junho, quando Sadr pediu a renúncia de seu grupo. Um gesto interpretado como estatégia para pressionar as facções rivais.

No entanto, um mês depois, a situação segue atolada.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade