UAI
Publicidade

Estado de Minas MOSCOU

Britânico capturado no leste da Ucrânia por separatistas morre na prisão


15/07/2022 07:07

Um britânico capturado em abril por forças pró-Rússia no leste da Ucrânia durante uma missão humanitária morreu na prisão em 10 de julho, anunciaram autoridades separatistas nesta sexta-feira (15).

"Apesar da gravidade de seus crimes, Paul Urey recebeu cuidados médicos adequados. Apesar disso, e como resultado de seu diagnóstico e estresse, ele morreu em 10 de julho", disse no Telegram a autoridade separatista de direitos da região de Donetsk, Daria Morozova, assegurando que ele era um mercenário e não um trabalhador humanitário.

Uma organização sem fins lucrativos sediada no Reino Unido, a Presidium Network, anunciou em 29 de abril que dois trabalhadores humanitários que conhecia, Paul Urey e Dylan Healy, foram capturados pelos militares russos no sul da Ucrânia enquanto tentavam retirar de lá uma mulher e duas crianças.

A mãe de Urey disse então que seu filho estava em uma missão humanitária, que sofria de diabetes e precisava de insulina.

Morozova afirmou em seu post na sexta-feira que as autoridades britânicas sabiam que Urey estava detido pelas forças armadas de Donetsk, mas não fizeram nada por ele. Acusou os britânicos de terem "conduzido operações militares e trabalhado no recrutamento e treinamento de mercenários para as gangues armadas ucranianas".


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade