UAI
Publicidade

Estado de Minas NOVA YORK

Demanda perde força nos EUA e petróleo fecha e queda


29/06/2022 21:09

Os preços do petróleo fecharam em queda nesta quarta-feira (29) em um mercado afetado pela desaceleração da demanda nos Estados Unidos em plena temporada de verão no hemisfério norte.

Em Londres, o preço do barril de Brent do Mar do Norte para entrega em agosto perdeu, assim, 1,45% a 116,26 dólares.

Em Nova York, o barril do West Texas Intermediate (WTI) para entrega em agosto perdeu 1,77% a 109,78 dólares em Nova York.

A demanda por gasolina dá sinais de esgotamento nos últimos 15 dias, apesar do início da temporada de viagens nos Estados Unidos.

Nas últimas duas semanas, o consumo de gasolina não alcançou 9 milhões de barris diários.

Os analistas evocam a possibilidade de uma redução do consumo de gasolina em meio a preços recorde nos postos de gasolina.

As reservas comerciais de petróleo cru, por sua vez, caíram muito mais do que o esperado pelo mercado na semana passado, segundo dados publicados na quarta-feira pela Agência Americana de Informação sobre Energia (EIA).

Na semana encerrada em 24 de junho, as reservas comerciais de petróleo caíram 2,7 milhões de barris (mb), quando os analistas esperavam uma redução de 950.000 barris.

Para Phil Flynn, da Price Futures Group, os preços também reagiram um maior uso da capacidade instalada nas refinarias do maior consumidor mundial de petróleo, que trabalham agora com 95% de sua capacidade perante 93,7% duas semanas atrás.

"Será difícil manter estes níveis", avaliou o analista.

Além disso, quando se aproxima o feriado de 4 de julho, muitos operadores "reduzem suas posições", explicou. Isso reduz a pressão sobre os preços.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade